Turismo cultural

Além dos rostos, a imigração alemã deixou sua marca em casas, utensílios, ruas e edificações de Novo Hamburgo. Esses imóveis e objetos constituem um rico acervo cultural disponível aos visitantes.

Clique e veja fotos de pontos de visitação cultural em Novo Hamburgo

O aspecto cultural aparece principalmente na valorização de nossas origens. O bairro Hamburgo Velho e seu centro histórico é um dos principais exemplo disto. Apresentações de teatro, cinema, coral, galerias de arte, museu comunitário, dança e folclore são atividades aqui praticadas.

Para quem quer se aprofundar nesse tipo de turismo na cidade, é indispensável uma visita ao Museu Casa Schmitt Presser (Avenida General Daltro Filho, 929). A edificação trata-se de um autêntico exemplar da arquitetura enxaimel, típica dos primeiros imigrantes alemães. Dentro da casa, é possível observar objetos utilizados pelos primeiros colonos que se estabeleceram por ali.

Ao lado da Casa Schmitt Presser está a Fundação Ernesto Frederico Scheffel (Avenida General Daltro Filho, 911). O casarão, construído no final o século 19, abriga em seus três andares mais de 350 obras de Scheffel, entre telas e esculturas. Scheffel reside na Itália atualmente. Em frente à Fundação Scheffel, não se pode deixar de conhecer a Galeria Leões da Arte, com obras clássicas de mestres como Leopoldo Gotuzzo, Ernesto Scheffel, Marciano Schmitz, Flávio Scholles, Carlão, Carôllo, Oscar Crusius, além de outros artistas nacionais e internacionais. Juntamente à Galeria Leões da Arte funciona o Atelier Anderson Neves, artista plástico que é o único aluno aplicado de Ernesto Frederico Scheffel.

Para quem quer um pouco mais de história, pode visitar o Museu do Índio. O espaço abriga o acervo dos índios Tikuhna do Alto Solimões. Fica na Fundação Evangélica, na rua Frederico Mentz , 526, bairro Vila Nova, atendendo pelo telefone 3594-3022.

Uma opção para quem quer conferir um bom espetáculo cultural está no Centro Municipal de Cultura Parahim Pinheiro Machado Lustosa, que abirga o Teatro Paschoal Carlos Magno. O espaço fica na rua Ignácio Christiano Plangg, 66, no Centro, e atende pelo telefone 3595-1366.

Outra atração cultural de Novo Hamburgo é a Biblioteca Pública Municipal Machado de Assis, que funciona das 8h às 18h50min de segunda a sexta-feira, e das 8h às 11h45min aos sábados. No verão, o horário de atendimento vai até às 14 horas. A biblioteca fica na Praça da Bandeira, na rua Júlio de Castilhos.

Para quem deseja apreciar exposições e estar em contato com a arte e a cultura, o Espaço Cultural Albano Hartz, localizado no Calçadão Oswaldo Cruz, 112, é uma excelente opção. Funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 19 horas e, aos sábados, das 8 às 13 horas. Atende pelo telefone 3581-2652.

Também é um espaço de destaque o Museu Nacional do Calçado, que fica no Campus I do Centro Universitário Feevale (na rua Maurício Cardoso, 510, Hamburgo Velho, fone: 3586-8841). É um espaço que conserva a memória da atividade coureiro-calçadista do país. O museu mantém uma exposição permanente de seu acervo, além de promover atividades culturais ligadas à questão do design de calçado e da moda. Atende de segunda a sexta-feira das 13h às 17h30min e das 18h às 22h. Aos sábados, seu horário e das 8h às 12h.

Outros destaques deste tipo de turismo são o Monumento ao Imigrante (localizado nas dependências da Sociedade Aliança e construído em homenagem ao centenário da imigração alemã no Estado), o Monumento da Paz (construído com armas de fogo derretidas e situado na Praça do Imigrante), o Monumento à Bíblia (situado no Parque Floresta Imperial, representa uma homenagem a universalidade de credos, religiões e correntes religiosas) e o Monumento ao Sapateiro (localizado na rótula que une as Avenidas Nações Unidas e Nicolau Becker com a Rua José do Patrocínio e construído para homenagear uma das profissões que impulsionou a economia local).

A ligação com o tradicionalismo gaúcho também permanece ativa. Diversos Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) cultivam o gosto do hamburguense pelo nativismo, com o chimarrão, o churrasco, a dança e a indumentária típica.

Turismo
home_central_vertical