• Visualizações 201

Saiba onde procurar atendimento em caso de suspeita de Covid-19 ou gripe

Os dias mais frios provocam a cada estação invernal o aumento nas infecções respiratórias, como gripe, resfriado e pneumonia, o que resulta em uma maior procura pelos serviços do sistema de saúde do município nesta época. E, este ano, com a pandemia de Covid-19, a quantidade e a frequência na busca por atendimento tem crescido ainda mais nas últimas semanas.

Mas, afinal, em qual unidade de saúde a população deve procurar o primeiro atendimento?

O primeiro local que se deve procurar para o atendimento nestes casos de gripe ou suspeita de coronavírus, independente do quadro apresentado, são as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ou as Unidades de Saúde da Família (USFs) ou as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

“Nossos profissionais estão capacitados nas unidades de saúde para atender à população. Nesta época de pandemia, reforço, o primeiro local que a população deve procurar são estas unidades”, enfatiza o secretário da Saúde, Naasom Luciano.

Após a avaliação médica nestas unidades, e seguindo os protocolos de atendimento na área da saúde, se o paciente apresentar sintomas de Covid-19, ele ganhará uma pulseira vermelha, sendo imediatamente encaminhado ao Centro de Triagem e Referência para o tratamento ao Covid. Este Centro, que fica localizado ao lado do Hospital Municipal, não deve ser o primeiro local onde a população dever procurar atendimento.

Atendimento no Centro de Triagem

Com a pulseira vermelha, sendo direcionado para o Centro de Triagem, o paciente recebe no local outro atendimento, também de acordo com os protocolos da área da saúde, para a checagem e confirmação, ou descarte, do quadro de Covid-19, e, de acordo com sua condição, o paciente é internado ou recebe o aconselhamento e as instruções para o isolamento domiciliar.

Pessoas atendidas no Centro de Triagem e em isolamento familiar são monitoradas

A Prefeitura de Novo Hamburgo, por meio da Fundação de Saúde Pública, está monitorando todos os hamburguenses que passaram pelo Centro de Triagem ao Covid-19 instalado em área isolada junto ao Hospital Municipal. Em uma parceria com a Universidade Feevale, estudantes da instituição fazem ligações constantes para as pessoas e apresentam relatório de acompanhamento para a Fundação de Saúde. “Nossos pacientes que apresentam sintomas leves do Covid, e estão em isolamento domiciliar, também recebem o acompanhamento à distância, assim, garantimos a continuidade de um bom atendimento”, explica o diretor-presidente da Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo, Ráfaga Fontoura.

Compartilhar

Covid-19: Brasil chega a 47,7 mil mortes, 978,1 mil casos e 482.102 pacientes recuperados

Avançar »

Novo Hamburgo mantém ampliação de leitos de UTI para Covid-19

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*