• Visualizações 504

Parcela de fumantes no Brasil é de 12%

Tabagismo é considerado pela OMS a principal causa de morte evitável. Quase 50% dos homens fumam no país, índice entre as mulheres é de 12%.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O número de brasileiros que fumam é de 12%. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira, 29 de agosto, conhecido como o Dia Nacional de Combate ao Fumo.

Segundo o pneumologista da Divisão de Controle do Tabagismo, do Instituto Nacional do Câncer – Inca, Ricardo Meirelles, o tabagismo é uma doença que pode ocasionar outras 50. Entre as principais, estão os vários tipos de câncer, doenças cardiovasculares, acidentes vasculares cerebrais – AVCs, além de menopausa, infertilidade e envelhecimento precoces.

A Organização Mundial da Saúde – OMS comunica que o tabagismo é a principal causa de morte evitável. Além disso, cerca de 1,2 bilhão de pessoas são fumantes. De acordo com o Ministério da Saúde, 24.515 equipes de 4.371 municípios brasileiros estão inscritas no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica – PMAQ, que inclui o Programa Nacional de Controle do Tabagismo – PNCT.

Uma pesquisa realizada pela Organização Pan-Americana da Saúde – Opas, entre 1989 e 2010 um em cada três brasileiros deixou de fumar por causa das medidas que restringiram a propaganda de cigarros.

“Cerca de 80% dos fumantes desejam parar, mas apenas 3% conseguem realmente abandonar o vício. Além disso, é considerado ex-fumante a pessoa que fica um ano sem fumar”, explica o cardiologista do Hospital do Coração do Brasil, João Ferreira Marques.

O tratamento contra o vício em tabaco do serviço público inclui apoio psicológico, medicamentos (entre adesivos, pastilhas, gomas de mascar e o antidepressivo bupropiona), atendimentos educativos e terapêuticos. Segundo Meirelles, deixar de fumar é difícil, mas o acompanhamento de profissionais pode tornar o processo mais confortável.

Informações de Agência Brasil

FOTO: ilustrativa /hypescience.com

Compartilhar

Hospitais de Novo Hamburgo precisam de doação de sangue

Avançar »

Tomar suco pode aumentar o risco de desenvolver diabetes tipo 2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical