• Visualizações 2915

Odontofobia – Medo de ir ao dentista

Sem dúvida, o mal que mais atinge os pacientes que chegam ao consultório odontológico. Às vezes por um trauma vivenciado, outras por medo do desconhecido… mas quase todo o paciente que precisa de uma consulta odontológica sofre de medo ou pânico de sentar na cadeira do dentista.

Para alguns, a origem do medo vem de um tratamento traumático, com histórico de dor ou de um problema de difícil solução. Outros apresentam medo do barulho do motor, o qual associam com vivências passadas. Muitas pessoas também  relatam medo da anestesia, sendo da agulha ou da sensação de dormência que a medicação anestésica causa.

Os sintomas destes traumas variam entre leves (como evitar a consulta, ficar falando sem parar, criar problemas que dificultem o atendimento, suor nas mãos e nervosismo) e casos mais graves. Podemos ter também: crises de pânico, tontura, desmaios, taquicardia, falta de ar e insônia.

O que fazer?

Bem, o primeiro passo é encontrar um local de atendimento odontológico em que você se sinta bem, se sinta acolhido. Há dois anos, quando reformei a sede da minha clínica, optei por criar um ambiente que parecesse com uma casa, que tirasse aquela idéia de ambulatório hospitalar. Acredito que isto funciona bem, pois o paciente desvincula de possíveis lembranças ruins, se sentindo realmente “em casa”.

Este acolhimento também depende dos profissionais que irão atendê-lo. É de suma importância que você confie em quem irá fazer o tratamento. Portanto, muitas vezes, antes de começar um tratamento, é necessário que você faça consultas para conversar, conhecer bem seu dentista e a equipe que ficará responsável por você.

Em alguns casos mais graves, pode ser necessário o uso de medicações prévias às consultas, que possibilitem que o paciente tenha a experiência de uma consulta confortável, isto é, substituindo antigas idéias ruins por uma nova, bem sucedida.

Outra situação importante é marcar as consultas para o período da manhã, depois de uma boa noite de sono… Assim  a gente sempre se encontra mais tranquilo do que depois de um dia inteiro de trabalho.

É fato que a Odontologia evoluiu, e que hoje se tem equipamentos mais silenciosos, medicações potentes e tratamentos indolores e efetivos. Com certeza o tratamento odontológico atual não é como antigamente. E isto já é um estímulo para criar coragem! Experimentar  o novo!

Além disto, é importante lembrar que um problema pequeno hoje pode se tornar um problema mais sério amanhã. Portanto, não deixe de lado sua saúde bucal. Até porque a prevenção é o tratamento mais fácil de ser realizado.

Vou te contar um segredinho! Tenho pacientes que morriam de medo de vir consultar e que agora adoram! É a mudança de paradigma! É a odontologia atual para fazer você sorrir!

FOTO: ilustrativa / abril.com.br

Compartilhar

Médicos estrangeiros que trabalharem no Brasil terão que falar português

Avançar »

Começa a valer lei que prevê tratamento de câncer em 60 dias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical