• Visualizações 702

Fio de cabelo pode revelar risco de doença cardíaca

Cientistas analisaram 283 idosos, entre 65 e 85 anos. Por meio de amostras de cabelo tiradas de perto do couro cabeludo, foram capazes de medir os níveis de cortisol em um período de três meses.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Basta um fio de cabelo para poder revelar o risco de desenvolver doenças cardíacas, de acordo com um estudo do Centro Médico Erasmus, da Universidade de Roterdã, na Holanda.

É que as madeixas permitem visualizar as taxas do hormônio do estresse, cortisol, por meses, enquanto o exame de sangue revela apenas como está no momento. Os dados são do jornal Daily Mail.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas analisaram 283 idosos, entre 65 e 85 anos. Por meio de amostras de cabelo de três centímetros de comprimento, tiradas de perto do couro cabeludo, foram capazes de medir os níveis de cortisol em um período de três meses. Pessoas com altas quantidades eram mais propensas a ter um histórico de doença cardíaca, acidente vascular cerebral, insuficiência arterial periférica ou diabetes.

“Estudos adicionais são necessários para explorar o papel da medição de cortisol em longo prazo como forma de predizer doença cardiovascular e como ele pode ser usado para informar o novo tratamento ou estratégias de prevenção”, disse a cientista Elisabeth van Rossum.

Vale acrescentar que levantamentos anteriores apontaram que a análise do cabelo pode diagnosticar alergias alimentares e deficiências minerais.

Informações de Terra

FOTO: reprodução / Terra

Compartilhar

Novo Hamburgo: Dia D da vacinação acontece neste sábado

Avançar »

Mais de 1 milhão de pessoas são vacinadas no Rio Grande do Sul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*