• Visualizações 797

Escolas continuam com prevenção contra gripe A na volta às aulas

Mesmo com a redução no número de casos, segue o alerta contra a gripe A nos colégios, com a divulgação de informações preventivas e cuidados.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Alunos de escolas particulares e estaduais retomaram as aulas nesta segunda-feira, dia 30, dando início ao segundo semestre do ano letivo.

Em Porto Alegre, a movimentação foi tranquila na maioria das instituições. Mesmo com a redução no número de casos, segue o alerta contra a gripe A nos colégios, com a divulgação de informações preventivas e cuidados como ampliar a ventilação nas salas de aula e a higienização, como o uso de álcool gel.

Na rede particular, as iniciativas de prevenção também estão mantidas, ressaltou o presidente do Sindicato das Instituições do Ensino Privado – Sinepe, Osvino Toillier. Ele lembrou que em função do crescimento de casos da doença houve o cuidado de antecipar um pouco o início do recesso escolar.

O retorno às aulas já gerou reflexos no trânsito de Porto Alegre, que passou a ser mais intenso na manhã de hoje, segundo o diretor de circulação da Empresa Pública de Transporte e Circulação – EPTC, Carlos Pires. Mesmo assim, ele explicou que não foram registrados congestionamentos. “O volume de trânsito já começou a voltar à normalidade, o que deverá ocorrer nesta semana”, destacou.

Nesta segunda-feira, 30, municípios que anteciparam as férias de inverno no Interior do Estado em função da gripe A retomaram as atividades. Na cidade de Cruz Alta, no Noroeste gaúcho, o recesso começou mais cedo e foi prorrogado em uma semana. Com a volta às aulas, diversas medidas de prevenção foram tomadas.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, os ambientes foram ventilados e os refeitórios terão alimentos ricos em vitaminas, com alteração do cardápio durante este período. A cidade já teve duas mortes e 21 casos da doença neste ano.

Prefeitura de Salto do Jacuí realiza trabalho de prevenção

A preocupação da comunidade de Salto do Jacuí, também no Noroeste, levou a prefeitura a pedir mais 3 mil doses de vacina para a população não incluída no grupo de risco. De acordo com a administração municipal, equipes de enfermeiros vão até a casa dos moradores para fazer o trabalho preventivo.

Em todas as escolas há álcool gel e os diretores e pais foram orientados sobre os sintomas da gripe e as formas de prevenção da doença. O município registrou cinco casos confirmados de gripe A e um óbito.

Informações de Correio do Povo

FOTO: Vinícius Roratto / Correio do Povo

Compartilhar

Hormônio pode ajudar no tratamento de doenças neurodegenerativas

Avançar »

Semana Mundial do Aleitamento Materno inicia em mais de 170 países

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical