• Visualizações 630

Quatro casos de gripe A são confirmados em Porto Alegre

Último caso foi confirmado em uma criança de um ano, que não recebeu a vacina contra a doença. Desde janeiro, já foram notificadas 137 suspeitas de H1N1 na Capital.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A Secretaria de Saúde de Porto Alegre informou, nesta terça-feira, dia 26, que já chegam a quatro os casos confirmados de gripe A na cidade em 2012. Foram dois novos registros em relação ao boletim publicado pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde – CEVS na segunda-feira, dia 25.

O último caso foi confirmado em uma criança de um ano, que não recebeu a vacina contra a doença. Desde janeiro, já foram notificadas 137 suspeitas de H1N1 na Capital. Dessas, 55 foram descartadas e 78 seguem em análise.

Em Passo Fundo, no Norte do Estado, foi confirmado o segundo caso de gripe A em 2012. A paciente é uma jovem de 18 anos, que ficou internada no hospital por uma semana e foi submetida a tratamento com Tamiflu.

Em Santiago, na região Central, a diretora técnica do Hospital de Caridade confirmou a terceira ocorrência da doença na cidade. Um jovem de 23 anos internado na instituição não é integrante dos grupos de risco, segundo a médica Sônia Nicola.

No RS, já são 52 ocorrências da doença e nove mortes neste ano. Das 466 suspeitas encaminhadas ao CEVS, 366 haviam sido descartadas. Pacientes de pelo menos 28 cidades gaúchas já adoeceram devido à gripe A. As que registraram mais casos foram  sete em Cruz Alta , cinco em Santo Ângelo, quatro em Santo Antônio das Missões, e também quatro em Porto Alegre.

A vacina tríplice protege contra o H1N1 e dois tipos de influenza sazonal. Nos postos de saúde, ainda há doses disponíveis para idosos, grávidas, crianças entre seis meses e dois anos, indígenas, trabalhadores em saúde e doentes crônicos com prescrição médica.

Prevenção pode ser feita com cuidados simples do dia-a-dia

– Lave as mãos com água e sabão (depois de tossir ou espirrar, depois de usar o banheiro, antes de comer, antes de tocar os olhos, boca e nariz)
– Evite tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies
– Use lenço de papel descartável
– Proteja com lenços a boca e nariz ao tossir ou espirrar
– Evite aglomerações e ambientes fechados (deve-se manter os ambientes ventilados)
– É importante que o ambiente doméstico seja arejado e receba a luz solar, pois estas medidas ajudam a eliminar os possíveis agentes das infecções respiratórias

Informações de Correio do Povo

FOTO: ilustrativa / thetop

Compartilhar

Número de mortos por gripe suína pode ser de até 579 mil, aponta estudo

Avançar »

Criança de dois anos morre de gripe A em Porto Alegre

Um comentário

  1. Isabeli
    17 de julho de 2012

    Porque nao liberam vacinas para todos?o resto do povo pode morre?claro porque voces nao tao nem ai!criem vergonha na cara e liberem pra todos!!!!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*