• Visualizações 921

Depois de polêmica com silicone defeituoso, Anvisa suspende importações de próteses mamárias

Silicone que for importado terá que receber aprovação e ser testado e examinado para ser vendido no mercado brasileiro. 

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Depois de problemas com as marcas Poly Implant Prothese – PIP e Rofil, as importações de próteses mamárias de silicone no Brasil foram suspensas. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, dia 21, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa.

A suspensão vai valer até que o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – Inmetro publique uma resolução que trate da certificação desses produtos. As empresas foram acusadas de usar silicone inapropriado, aumentando o risco de o implante romper ou vazar e provocar problemas de saúde. Calcula-se que 20 mil brasileiras tenham implantes das marcas estrangeiras.

Na terça-feira, 20, a Anvisa decidiu que as próteses de silicone importadas terão de receber aprovação do Inmetro para serem vendidas no mercado brasileiro. O órgão não tem previsão de quando as importações serão retomadas.

A partir de agora, as próteses terão de passar por testes de laboratórios brasileiros para checar a resistência e composição do silicone usado e exames biológicos. Além disso, os fabricantes serão inspecionados. Até então, a empresa precisava apresentar apenas um certificado do país de origem para conseguir autorização de venda da prótese mamária no Brasil. Os lotes não precisavam ser testados.

Informações de Agência Brasil

FOTO: Anne-Christine Poujoulat / AFP

Compartilhar

CMED autoriza reajuste de até 5,85% para 13.782 medicamentos

Avançar »

Cirurgias para implante de silicone não precisam ser desmarcadas, orienta médico

Um comentário

  1. shirley
    21 de março de 2012

    coloquei protesse aha 8 meses e estou cm mt medo q tenha problemas de saude, pois sou uma mulher q nunca tive problemas cm minha saude , a marca da protetesse lifesiln 000.005.384 serie 001

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*