Pílula anticoncepcional pode causar câncer de próstata

Os hormônios do contraceptivo chegam aos homens pela água e cadeia alimentar, sendo que é mais comum em países desenvolvidos.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Estudo publicado pelo British Medical Journal, nesta semana, relaciona o uso da pílula anticoncepcional com o aumento dos casos de câncer de próstata. Porém, a pesquisa é especulativa e não deve ser tratada como uma relação de causa e efeito. Com isso, o estudo não leva a uma conclusão definitiva.

A pesquisa, então, foi realizada pela Universidade de Toronto, no Canadá. Nela, há uma avaliação de dados de diversos países do mundo todo, que compara o uso de contraceptivos e a recorrência do câncer de próstata. Métodos como o preservativo e o dispositivo não estão associados ao aumento deste tipo de câncer nos homens, mas a pílula está.

Mesmo que a pílula anticoncepcional seja tomada por mulheres e que o câncer de próstata ocorra somente em homens, há, sim, uma pequena relação entre os casos. Isso acontece porque os hormônios femininos da pílula não quebram facilmente. Com isso, eles são eliminados pela urina e entram na água ou na cadeia alimentar. Por conta disso, os homens também acabam ingerindo as substâncias da pílula.

O câncer de próstata, atualmente, é o mais comum em países desenvolvidos. O aumento de casos desse câncer coincide também com a popularização das pílulas anticoncepcionais, que já estão no mercado há 40 anos. A exposição ao estrógeno, um hormônio feminino, também pode ser um fator de risco para o câncer de próstata, afirmam estudos anteriores.

Informações de Portal G1

FOTO: Ilustrativa / GettyImages

Compartilhar

Anvisa proíbe alimentos e bebidas à base de Aloe vera, a babosa

Avançar »

Brasil vai fabricar equipamento que detecta aids com apenas uma gota de sangue

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*