Novo Hamburgo: Campanha busca conscientizar população a se vacinar contra gripe

Entre os objetivos está recuperar práticas de prevenção, como lavar as mãos várias vezes ao dia com água e sabão.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A Secretaria de Saúde de Novo Hamburgo – SMS realiza uma campanha que busca incentivar a população a se prevenir contra a gripe sazonal e a H1N1.

Com o título Para a gripe A não te pegar, tem que se cuidar, cartazes estão espalhados por diversos espaços com grande movimentação de público, como no Centro Administrativo Leopoldo Petry, Hospital Municipal, unidades de saúde e escolas.

Entre os objetivos da campanha, está o de resgatar práticas de prevenção adotadas desde o surgimento dos primeiros casos de gripe H1N1 (também conhecida como gripe suína) no Brasil. Essas medidas incluem lavar as mãos várias vezes ao dia com água e sabão e deixar ambientes com janelas abertas para favorecer a ventilação.

Além disso, a iniciativa busca que a população inserida na classificação de risco (idosos, crianças de seis meses a menores de dois anos, gestantes, trabalhadores da saúde e indígenas) faça a vacina o mais breve possível. “Todos esses devem se vacinar imediatamente”, enfatiza a secretária de Saúde Clarita de Souza. Para esse grupo, as doses também imunizam contra as gripes sazonais. Até o dia 27 de junho, foram aplicadas 27.324 imunizações na cidade.

Extensão a doentes crônicos

A vacinação contra a gripe A será aberta para mais uma faixa da população de Novo Hamburgo. Novas doses serão recebidas pelo município nos próximos dias e serão direcionadas aos doentes crônicos que sofrem de asma, hipertensão, diabetes e problemas renais.

A medida foi tomada pela SMS. Entretanto, a data de início da distribuição das doses para toda a comunidade ainda será definida e a aplicação será feita conforme o estoque.

A vacina que será disponibilizada combate apenas a gripe A (H1N1). Trata-se de doses de 2010 que virão dos estados do Pará e do Alagoas e que ainda podem ser utilizadas neste ano. A decisão partiu após o surgimento de casos em diversos municípios. Em Novo Hamburgo, não há casos confirmados da doença.

Confira os locais e horários de vacinação contra a gripe:

– UBS Canudos: rua Sílvio Gilberto Christmann, 1451, das 08 às 17 horas;

– UBS Guarani: rua Demétrio Ribeiro, 1085, das 08 às 17 horas;

– UBS Kephas: rua Bernardo Ludwig, s/nº, das 08 às 17 horas;

– UBS Liberdade: rua Kurt Walcker, 14, esquina com rua Miranda, das 08 às 17 horas;

– UBS Lomba Grande: rua Odete Correa Schuck, 125, das 08 às 12 horas e das 13 às 17 horas;

– UBS Primavera: rua Boa Saúde, 618, das 08 às 17 horas;

– UBS Rincão: rua Theobaldo Bauer, 15, das 08 às 17 horas;

– UBS Roselândia: rua Aquarius, 133, das 08 às 12 horas e das 13 às 17 horas;

– UBS Santo Afonso: rua Assunción, 85, das 08 às 17 horas;

– UBS Vila Kraemer: rua Valença, s/nº, das 08 às 12 horas;

– UBS Redentora: rua Tamoio, s/nº, das 08 às 17 horas;

– UBS Iguaçu: rua Bruno Werno Storck, s/nº, das 08 às 12 horas e das 13 às 17 horas;

– UBS São Jorge: rua Jaboti, 308, das 08 às 17 horas;

– USF Boa Saúde: avenida Floresta, 600, das 08 às 12 horas e das 13 às 17 horas;

– USF Rondônia: rua Bahia, 450, das 08 às 12 horas e das 13 às 17 horas;

– Casa de Vacinas: rua Joaquim Nabuco, 634, Centro, das 08 às 17 horas;

– Regina Comunidade: rua da Divisa, 317, Vila Palmeira, Santo Afonso, das 08 às 12 horas e das 13 às 17 horas.

Informações de Imprensa da PMNH

FOTO: divulgação / PMNH

Compartilhar

Casos suspeitos de infecção pela bactéria E.Coli são investigados em São Paulo

Avançar »

Lei paulista sobre óculos 3D em cinemas contribui para evitar transmissão de conjuntivite

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*