• Visualizações 596

Novo Hamburgo: equipes que acompanham idosos participam de projeto de qualificação

Assistentes sociais e psicólogos da Secretaria de Desenvolvimento Social conheceram alguns conceitos sobre saúde e qualidade de vida na terceira idade em palestra com geriatra

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Atividade do Projeto “Nossa História, Nosso Olhar” da Secretaria de Desenvolvimento Social – SDS de Novo Hamburgo promoveu palestra com o médico geriatra Paulo Lucchese. Assistentes sociais e psicólogos que acompanham grupos de idosos nos Centros e Unidades de Referência em Assistência Social (CRAS e URAS), conheceram alguns conceitos sobre saúde e qualidade de vida na terceira idade. Atividade ocorreu na Biblioteca Municipal e faz parte da capacitação dos profissionais que atuam no projeto.

Lucchese abordou aspectos observados cientificamente que auxiliam a garantir uma velhice produtiva. “Hoje a sociedade é pensada para o jovem, o consumo e o descartável. Ao lidarmos com a terceira idade temos que quebrar preconceitos. A qualidade de vida dos nossos idosos depende de vários fatores, como tipo de alimentação, as atividades físicas desenvolvidas pelo sujeito, local onde mora, até mesmo a renda e ocupação podem fazer o idoso mais, ou menos, propício a desenvolver doenças”, explicou.

As equipes dos CRAS e dos URAS já trabalham técnicas de preparação dos ouvintes para contação de histórias, técnicas de entrevistas direcionadas à narração de um auto-retrato e visualização de situações da vida cotidiana. Nessa fase, os profissionais observarão doenças típicas da terceira idade e como prestar atenção em alguns sintomas.

O Nossa História, Nosso Olhar tem como objetivo orientar as equipes para motivar os idosos a contarem suas histórias pessoais, como forma de assegurar sua contribuição na transmissão de valores e tradições. Posteriormente, os contos narrados serão reunidos em uma publicação que será distribuída para a comunidade.

Foto: divulgação / Rodrigo Machado

Informações PMNH

Compartilhar

Novo Hamburgo: Saúde da população negra é tema de debate

Avançar »

Lula: “Parei de fumar há quase oito meses e estou me sentindo muito bem”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*