• Visualizações 498

Yeda Crusius assina contrato em Novo Hamburgo prevendo R$ 27 milhões para a Saúde Pública

Recursos do Governo do Estado serão destinados ao Hospital Municipal. Governadora fez anúncio oficial na Câmara de Vereadores, na tarde desta terça-feira, dia 13.

 

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Novo Hamburgo terá R$ 27,5 milhões a mais ao ano para investir no Hospital Municipal. Quem garante é a governadora do Estado.

Nesta terça-feira, dia 13, Yeda Crusius (PSDB) esteve na Câmara hamburguense assinando contratualização com o Município por prestação de serviços ao Sistema Único de Saúde – SUS que permitirá o repasse de R$ 2,3 milhões por mês – hoje é de R$ 1,3 milhões. Ao lado do prefeito Tarcísio Zimmermann (PT), garantiu que o compromisso será honrado e destacou a importância do recurso.

A cerimônia lotou o plenário da Casa e contou com a presença de secretários municipais, estaduais, deputados e lideranças políticas da região. Para o presidente do Legislativo Municipal, a instituição cumpre seu papel ao receber a assinatura do documento. “Desejamos que o Estado e que Novo Hamburgo cresçam. E quando melhoramos a saúde, colaboramos para isso”, comemora Jesus Maciel Martins (PTB).

COLABORAÇÃO – Tarcísio Zimmermann chamou a atenção para a colaboração entre todas as esferas de poder. “Em junho do ano passado, apresentei aqui um doloroso quadro da saúde em Novo Hamburgo. E apresentei também soluções que implicam compromissos com outras esferas do poder.” Finalizou citando a publicação do edital de licitação para construção de uma unidade de pronto atendimento no bairro Canudos. “Uma ação conjugada entre Município, Estado e União.”

Novo Hamburgo como referência regional

 

A secretária estadual da Saúde em exercício, Arita Bergmann, explica que o repasse faz parte do programa estruturante Saúde Perto de Você. “Nos últimos três anos, o governo do Estado aumentou o valor repassado para apoio aos hospitais de R$ 24 milhões para R$ 70 milhões.”

Ainda segundo a secretária, um dos objetivos da medida é fazer com que o Hospital Municipal de Novo Hamburgo seja referência para a região em especialidades como cardiologia, nefrologia, neuroloria e diagnósticos. “De nove ressonâncias por ano, deverão ser feitas 459”, antecipa.

Com informações da Imprensa da Câmara Municipal de Novo Hamburgo

 

FOTO: Maíra Kiefer / Imprensa CMNH

Compartilhar

Anvisa busa apoio da população no combate a medicamentos falsos

Avançar »

Tratamento genérico para gripe A estará disponível na Farmácia Popular

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*