• Visualizações 1103

Gripe A: Novo Hamburgo e Campo Bom começam a imunizar população

Programa de imunização gradual de grupos prioritários contra vírus H1N1 inicia nesta semana e atende as especificações do Ministério da Saúde. Só em Campo Bom, 30 mil devem ser vacinados.

Da Redação redacao@novohamburgo.org

A partir desta segunda-feira, dia 8 de março, a Prefeitura de Novo Hamburgo, por meio da Secretaria da Saúde (SMS), começa a distribuir e aplicar doses da vacina contra a Gripe A (H1N1).

A estratégia para combater o vírus Influenza A (H1N1) adotada pelo Município foi discutida esta semana, quando foi retomado o trabalho do Comitê Técnico de Enfrentamento da Influenza A (H1N1).

A primeira etapa da vacinação começará pelos profissionais da área de saúde que estão diretamente envolvidos nos cuidados da população, e segue até o dia 19 de março. O grupo inclui cerca de 2,5 mil médicos, enfermeiros, recepcionistas, motoristas de ambulância, serviços gerais e trabalhadores da Vigilância Epidemiológica e equipes laboratoriais. O plano também abrange, nesse primeira etapa, os indígenas.

A seguir, entre os dias 22 de março a 7 de maio, será a vez das gestantes. A população com doenças crônicas e crianças saudáveis de seis meses até dois anos será imunizada de 22 de março a 2 de abril e adultos saudáveis de 20 a 39 anos, de 5 a 23 de abril. Idosos com mais de 60 anos com doenças crônicas receberão a dose de 24 de abril a 7 de maio. A estimativa da SMS é de imunizar, durante toda a campanha, aproximadamente 110 mil hamburguenses.

30 mil campo-bonenses

devem ser imunizados

O Município de Campo Bom também inicia na próxima segunda-feira, dia 8, o programa de vacinação da população contra o vírus Influenza A (H1N1), conhecido popularmente como Gripe A. O programa de vacinação está sendo organizado e será dividido em etapas conforme o público-alvo definido pelo governo federal.

Serão vacinados os trabalhadores de saúde que estarão envolvidos com casos suspeitos de gripe A, gestantes, crianças de 6 meses a 2 anos de idade incompletos, população com doenças crônicas,  pessoas com mais de 60 anos de idade que possuem doenças crônicas e a população de 20 a 39 anos de idade. A previsão é que cerca de 30 mil campo-bonenses sejam vacinados contra o vírus ao longo dos três meses do programa de vacinação, que deve encerrar em maio.

A idéia é prevenir a população contra uma nova onda do vírus que deve vir com a chegada das baixas temperaturas, quando também baixa a resistência do organismo. No ano passado, entre julho e setembro, houve 18 casos confirmados de gripe A no município. A Secretaria de Saúde obedece o cronograma de vacinação estabelecido pelo Ministério da Saúde com os grupos prioritários.

Os primeiros a serem vacinados serão os profissionais de saúde do município que terão contato direto com casos suspeitos de gripe A, pois lidam com possíveis infectados. A estimativa é que cerca de 500 profissionais, entre clínicos, enfermeiros, pediatras, obstetras e funcionários do hospital, entre outros, recebam a dose a paritr de segunda-feira, 8.

Durante o período de vacinação, 11 equipes de agentes, totalizando cerca de 40 profissionais, trabalharão no processo de vacinação da população na cidade. Durante toda essa semana que antecede o início da vacinação, essas equipes estão passando por capacitação e treinamento para lidar com a vacina. É importante lembrar que a pessoa que perder o período de vacinação do grupo ao qual pertence poderá receber a imunização posteriormente. Mas não é permitido que as pessoas se vacinem antes do período adequado ao seu grupo. Confira abaixo o cronograma de vacinas em Campo Bom

Período – Grupo

De 8 a 19 de março  – Trabalhadores dos serviços de Saúde

De 22 de março a 2 de abril – Gestantes e crianças de 6 meses a 2 anos incompletos de idade e população com doenças crônicas (diabetes, doenças cardíacas, respiratórias, hepáticas, renais e hematológicas, imunodepressão e grande obesidade – grau 3)

De 5 a 23 de abril –   População entre 20 e 29 anos de idade

De 24 de abril a 7 de maio – População com mais de 60 anos de idade que possui doenças crônicas (mesmo período em que todos os idosos estarão sendo vacinados contra a Influenza sazonal.

De 10 a 21 de maio – População entre 30 e 39 anos

IMPORTANTE: As vacinas podem ser feitas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que deverão definir horários ampliados para atender a população. O Centro Materno também atenderá a população a partir do dia 15 de março, das 8h às 20h. Além disso, haverá dias especiais de vacinação, como na Festa da Vida, dia 17 de abril.

Conforme o Ministério da Saúde, a cada fase será encaminhado ao município as doses referentes ao grupo que  deverá receber a vacina naquela fase. É importante que as pessoas compareçam para a vacinação munidas de suas cadernetas de vacinação. A vacina imuniza a pessoa a partir de duas semanas de sua aplicação.

Dias Especiais de Vacinação:

27/03 –  Centro Materno Infantil, das 8h às 17h

17/04 –  Na Festa da Vida – no Parcão

24/04 –  Centro Materno Infantil, das 8h às 17h e UBSs Santa Lúcia e Paulista, das 8h às 12h

Com iformações da Imprensa das Prefeituras de Novo Hamburgo e Campo Bom

FOTO: reprodução

Compartilhar

Hospital Psiquiátrico São Pedro recebe novos equipamentos

Avançar »

Primeira morte por gripe suína neste ano em SP é registrada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*