• Visualizações 765

Ijuí tem mais cinco casos suspeitos de dengue hemorrágica

Das 14 pessoas internadas com dengue no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), cinco estão com suspeita de dengue hemorrágica.

Os cinco pacientes deram entrada no hospital no final de semana e, de acordo com o diretor administrativo do hospital, Airton Buss Júnior, exames para a confirmação da doença já foram encaminhados a Porto Alegre e devem estar prontos amanhã.

As internações e a possibilidade do tipo mais perigoso de dengue fizeram com que o Banco de Sangue do hospital colocasse em prática um plano estratégico para que não faltem plaquetas, um dos componentes do sangue, que tem como principal função a formação de coágulos.

“As plaquetas são retiradas do sangue e duram cinco dias. Ou seja, para nós não adianta que venham cem doadores hoje e daqui a cinco dias não venha nenhum. Não teremos estoque”, explica a enfermeira responsável pelo banco de sangue do HCI, Maria Helena Winckler.

As pessoas que procuram o pronto socorro do HCI, ou os postos de saúde do município, realizam exames de sangue, e as que tem constatada baixa quantidade de plaquetas são internadas para melhor monitoramento da doença. Muitas delas passam a ter de receber plaquetas. Para um adulto receber uma transfusão são necessários de seis a oito doadores. Maria Helena explica que pacientes internados nessas condições precisaram de tratamento rápido e as plaquetas devem estar disponíveis.

“Nós estamos ligando para nossos doadores e convidando para que sejam presentes nesse momento. Temos em mente que a doação de sangue é um ato voluntário e não pode ser feito sob pressão. Mas a resposta está sendo boa”.

O banco de Sangue do HCI recebe em média 600 doadores ao mês, com a responsabilidade de suprir de sangue todos os demais setores do hospital. Atende também pacientes da rede pública, consultórios, hospitais de Ijuí e região, abrangendo uma área de 120 municípios no total.

As coletas de sangue são feitas de segunda à sexta-feira, das 7h30min às 18h. Para doar é necessário ter entre 18 e 65 anos, no mínimo 50 quilos, estar com boa saúde, alimentado e descansado. É necessário apresentar um documento original com foto. Mulheres podem doar sangue a cada quatro meses e homens, a cada três meses.

Fonte:Zerohora

Compartilhar

Secretário de Saúde de Porto Alegre é assassinado

Avançar »

1º Movimento de Saúde e Solidariedade ocorre no sábado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*