• Visualizações 468

Intensificação de viagens de Dilma Rousseff não é antecipação de campanha, garante ministro-chefe

Gilberto Carvalho afirma que há mais entregas a fazer e que ela viaja para ouvir as pessoas e ver o que está sendo feito nos locais.

Da Redação (redacao@novohamburgo.org) Siga no Twitter 

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, declarou nesta sexta-feira, dia 06, que a intensificação das viagens da presidente Dilma Rousseff este ano não é antecipação da campanha eleitoral de 2014.

Carvalho disse que a presidente viajou mais no terceiro ano de mandato porque há mais entregas a fazer, referindo-se aos projetos iniciados no começo de seu mandato. Ele afirma que ela se desloca para ouvir pessoas e ver o que está sendo feito in loco.

“Ninguém pode ficar aqui nesta redoma de vidro, apenas recebendo informações intermediárias. É muito importante o contato com as pessoas”, argumenta o ministro. “O que ela está fazendo é buscar reforçar esta base aliada. O problema é que tudo o que é feito no governo quando se aproxima uma eleição é visto sempre como uma coisa eleitoral. Você tem que trabalhar, tem que governar e tem que fazer política.”

Quanto aos motivos que levam a presidente para este ou aquele lugar, Carvalho informou que os locais são definidos de acordo com o cronograma de conclusão das obras entregues e dos convites recebidos, e não porque há um candidato aliado ou adversário na região. “Não é assim que funciona. O governo age em função de uma lógica que muitas vezes é demandada pelos estados e, insisto, pelos cronograma de obra que você vai inaugurando.”

Informações de Agência Brasil

FOTO: Wilson Dias / ABr

Compartilhar

Senado aprova mudanças para concessão de meia-entrada

Avançar »

Congresso inicia voto aberto para veto presidencial nesta semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*