• Visualizações 573

Fundo Partidário já destinou R$ 147,1 mi para partidos políticos

PT, PMDB e PSDB lideram o ranking das siglas que mais conseguiram verbas. Aumento entre 2000 e 2012 corresponde a mais de R$ 100 mi.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O financiamento público para as campanhas políticas está entre os temas propostos para a reforma política que o governo federal entregou ao Congresso Nacional para a realização do plebiscito.

Os recursos do Fundo Partidário destinados até junho para a manutenção e operação política teve boa parte originada no Orçamento da União e sob administração do Tribunal Superior Eleitoral – TSE,  alcançaram um montante de R$ 147,1 milhões. A previsão para este ano é que os 30 partidos nacionais recebam R$ 294,2 milhões.

A quantia repassada para os partidos passou de R$ 70,2 milhões em 2000 para R$ 286,3 milhões em 2012, o que corresponde a um crescimento de 308%. Desde 2005, os recursos aumentaram de um ano para o outro.

A quantia anual destinada a cada agremiação é decidida com a votação anterior de cada sigla à Câmara Federal. Porém, os repasses podem ser suspensos se não houver a prestação de contas anual pelo partido ou  seja negada pela Justiça Eleitoral.

O Partido dos Trabalhos – PT recebeu o maior montante,  R$ 23,7 milhões no primeiro semestre de 2013. A seguir aparece o Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB, R$ 117,7 milhões, além do Partido da Social Democracia Brasileira – PSDB, R$ 16,3 milhões, e os Democratas e o Partido da República, que receberam R$ 10,3 milhões e R$ 9,9 milhões, respectivamente.

Informações de Contas Abertas

FOTO: reprodução / tse.jus.br

Compartilhar

Eleições em 10 cidades levaram mais de 120 mil eleitores às urnas

Avançar »

Piratini decide retirar pedido de urgência do passe livre estudantil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*