• Visualizações 671

Eleições 2013: Série de entrevistas com candidatos continua com Luis Lauermann

Há três horários em que é possível buscar informações, até quinta-feira, sobre aqueles que querem administrar a cidade nos próximos anos. Conversa com Paulo Kopschina foi a primeira a ser exibida.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A TVNH (canal 14 da NET NH) exibe nesta terça-feira, dia 26, a entrevista realizada em parceria com o novohamburgo.org com o candidato à Prefeitura de Novo Hamburgo da coligação O Trabalho Vai Continuar, Luis Lauermann (PT).

A série começou na segunda, 25, com Paulo Kopschina (PMDB), da aliança Nova Frente Que Faz Bem. Os programas especiais, que também incluem os dois vices, serão exibidos até quinta-feira, 28, com um postulante por dia, de maneira inédita às 18 horas e com reprise às 21 horas e após o Jornal das Dez, que inicia às 22 horas.

Nesta terça, após a última exibição da conversa entre o jornalista Felipe de Oliveira e o petista, vai ao ar, ao vivo, o quarto painel político da emissora e do portal sobre a eleição suplementar em Novo Hamburgo. Além dos já tradicionais debatedores, os vereadores Sergio Hanich (PMDB) e Enfermeiro Vilmar (PR) também contribuirão com a mesa redonda.

COMPOSIÇÃO – Cada entrevista foi dividida em dois blocos. No primeiro, os candidatos falaram por aproximadamente dois minutos sobre oito eixos temáticos pré-definidos: saúde; educação; segurança pública; transporte público e mobilidade urbana; habitação; cultura, esporte e lazer; turismo; e desenvolvimento econômico. No segundo, o apresentador fez perguntas de temas livres.

Destaques

Leia abaixo os destaques da entrevista com o candidato a prefeito de Novo Hamburgo pelo PT.

Apresentação 

Lauermann pontuou estar fazendo uma “campanha propositiva, que apresenta claramente as propostas”. O candidato prometeu responder “com trabalho, dedicação, capacidade de elaboração de projetos e captação de recursos”.

Eixo temático 01: saúde 

“A gestão do prefeito Tarcísio [Zimmermann] conseguiu a UPA [Unidade de Pronto Atendimento de Canudos], entregou sete novas unidades básicas de saúde, 23 equipes de saúde da família atuando também na questão da prevenção, que é importante para reduzir custos e também para tornar eficiente o sistema”, listou Lauermann. “Nós tivemos uma resolutividade extraordinária das filas. Tinha cinco mil pessoas aguardando raio-x há quatro anos, essa fila foi zerada.” O petista afirma que ainda há dificuldades em algumas especialidades e prometeu continuar trabalhando para melhorar estas questões e contratar mais profissionais. “É um problema não só de Novo Hamburgo, mas do país inteiro. Qualificaremos o atendimento e ampliaremos o núcleo de médicos.”

Eixo temático 02: educação 

Neste tema, Lauermann destacou as mudanças na gestão do ex-prefeito Tarcísio Zimmermann. “Hoje Novo Hamburgo tem 13 mil crianças que almoçam diariamente nas escolas do nosso município. E entregaremos 12 escolas de educação infantil em pouco espaço de tempo. Não no conceito anterior de ‘creche’, também com professores para já na mais tenra idade garantir a educação”. O candidato também prometeu a implantação de duas escolas técnicas, “qualificando os estudantes para o mercado de trabalho e para disputar empregos de maior remuneração”.

Eixo temático 03: segurança pública 

“O tema da segurança pública é um problema do país inteiro. Fomos pioneiros em colocar guarda municipal nas escolas, protegendo nossas crianças; fomos pioneiros em combater os flanelinhas. Eu, como deputado, conquistei recursos para construir o BOE [Batalhão de Operações Especiais], mais servidores para garantir o que queremos diariamente, proteção das pessoas e do patrimônio.” A implementação da polícia comunitária, “que se instalará em bairros e conhecerá a população”, também foi apontada pelo petista.

Eixo temático 04: transporte público e mobilidade urbana 

Dentro do tema, Lauermann abordou obras e a continuação de projetos de educação no trânsito. “Teremos processo licitatório que vai garantir mais qualidade e a passagem integrada. Simultaneamente, vamos trabalhar para ter melhoria significativa para pavimentação e planejamento viário. Faremos um serviço de melhoria do sistema de sinalização e semáforos, garantindo agilidade.” Recursos do governo para corredores exclusivos de ônibus e integração do transporte público de Novo Hamburgo com cidades vizinhas devem ser utilizados caso o candidato da coligação O Trabalho Vai Continuar seja eleito.

Eixo temático 05: habitação 

O programa Minha Casa, Minha Vida foi usado como exemplo por Lauermann ao citar propostas para a área de habitação. “[O programa] oferta condições de acesso ao imóvel indiferentemente da sua renda. Houve um boom de crescimento imobiliário, pela possibilidade de pagamento muito menor que o valor de aluguel de apartamento, por exemplo.” Processos de urbanização e regularização fundiária devem continuar, segundo o candidato. “Avançamos extraordinariamente. Vamos fazer mais cinco mil casas, fazendo com a que cidade seja boa e tenha qualidade nos mais diferentes bairros e vilas.”

Eixo temático 06: cultura, esporte e lazer 

“Toda a população participa e elogia muito eventos como o Natal dos Sinos”, argumentou Lauermann. “Antes [do governo do PT no município], o povo ia para outras cidades para participar de eventos assim. Uma cidade precisa ser protagonista e realizadora de eventos para os mais diferentes gostos. Nós vamos continuar qualificando praças, continuar com programas como o Pelc [Projeto Esporte e Lazer da Cidade] com atividades esportivas para crianças até idosos, e vamos continuar trazendo atividades culturais.”

Eixo temático 07: turismo 

O turismo de negócios foi o foco da argumentação de Lauermann neste tema. “A Fenac voltou a conseguir ter um papel de desempenhar capacidade de atrair turismo de negócios. Realizava três eventos, hoje são 13. Responderemos ainda com a Fenac do Futuro.” O petista prometeu parceria público-privada para “a estrutura mais completa, podendo competir e disputar eventos e turismo de negócio”. “Já conquistamos eventos de Porto Alegre e isso será fundamental no projeto Fenac do Futuro”, afirmou.

Eixo temático 08: desenvolvimento econômico 

No tempo destinado ao último item pré-definido, o postulante a prefeito da coligação O Trabalho Vai Continuar retomou realizações da gestão de Zimmermann. “Garantimos crescimento de renda e emprego. Começamos um processo com a Hamburgtech, incubando, auxiliando e preparando empresas desde o seu surgimento até o fortalecimento. Ao mesmo tempo, estamos construindo um parque tecnológico numa área junto à Fundação Liberato. Vamos atrair empresas de valor integrado, com diversificação econômica. Temos capacidade de disputar empresas na nossa cidade. Vamos voltar a ver Novo Hamburgo ser líder no crescimento, na geração de riqueza e na geração de emprego e investimentos.”

Perguntas do entrevistador 

ESCOLHA – No espaço previsto para perguntas sobre temas livres, o jornalista Felipe de Oliveira iniciou perguntando sobre a escolha de Lauermann como substituto de Tarcísio Zimmermann. “Nós tínhamos, sim, a expectativa de que a candidatura não tivesse a homologação da Justiça Eleitoral. Iniciamos a campanha de maneira clara, dizendo que se Tarcísio não tivesse registro, eu seria o candidato”, explicou. “Coordenei a campanha que elegeu Tarcísio, fui secretário geral de governo e o deputado mais votado na cidade de Novo Hamburgo. Acompanhei e puxei um processo de trabalho trazendo recursos para a nossa cidade. Por essas razões, os partidos da nossa aliança optaram pela minha candidatura.”

RECURSOS – Quanto às relações com os governos estadual e federal, Lauermann citou sua atuação como deputado, articulações com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Fernando Pimentel e redução de imposto sobre o calçado. “O entrosamento e ter o mesmo programa de articulação permitem que eu possa afirmar que vamos continuar o processo do prefeito Tarcísio, elaborando bons projetos e tendo a capacidade política de garantir recursos para a cidade.” O entrevistador também questionou a saída do cargo para qual foi eleito. “Eu não posso me omitir ficando somente como deputado”, respondeu. “Farei mais como prefeito com a porta aberta para a querida presidenta Dilma [Rousseff] e o governador Tarso Genro. Nenhuma cidade tem no seu caixa próprio condições de responder sozinho por uma cidade; só com a parceria dos governos estadual e federal.”

TENSÕES – A última pergunta se referiu às questões judiciárias que permearam a eleição. “Nós infelizmente sofremos o processo de uma parte que tentou o tempo todo levar o processo para o tapetão”, criticou. “Eu ser processado por não ter nascido aqui é uma patifaria. O povo quer discussão de resultado, comprovação de resultado, prefeitura que trabalhe o dia inteiro, que trabalhe pela comunidade. Agora a população vai decidir nas urnas.”

Saudação final 

Em seus minutos finais, Lauermann agradeceu a acolhida na campanha e reafirmou propostas. “Se fizemos muito nos quatro anos do prefeito Tarcísio, assumo o compromisso claro de qualificar saúde, contratar mais médicos, garantir instalação do BOE e continuar provando que a prefeitura que trabalha o dia todo e com compromisso com a comunidade pode trazer melhorias da cidade nas mais diferentes áreas.”

Assista agora à entrevista completa:

Parte 01

Parte 02

FOTO: Mônica Neis Fetzner / novohamburgo.org

Compartilhar

Câmara e Senado deverão gastar R$ 23 milhões por dia em 2013

Avançar »

Câmara vota fim do 14º e 15º salários nesta quarta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*