• Visualizações 693

Mensalão: Depoimento de Marcos Valério é mantido sob sigilo

Segundo investigadores, os novos relatos do empresário mencionaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ex-ministro Antonio Palocci. 

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O empresário condenado como o operador do mensalão, Marcos Valério Fernandes de Souza prestou depoimento ao Ministério Público Federal no fim de setembro.

Espontaneamente, marcou uma audiência com o procurador-geral da República, Roberto Gurgel. Fez relatos novos e afirmou que, se for incluído no programa de proteção à testemunha, o que o livraria da cadeia, poderá dar mais detalhes das acusações.

Dias depois do novo depoimento, Valério formalizou o pedido para sua inclusão no programa de testemunhas enviando um fax ao Supremo Tribunal Federal. O depoimento é mantido sob sigilo. Segundo investigadores, há menção ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao ex-ministro Antonio Palocci e a outras remessas de recursos para o exterior além da julgada pelo Supremo no mensalão.

Ainda no recente depoimento à Procuradoria, Valério disse já ter sido ameaçado de morte e falou sobre um assunto com o qual parecia não ter intimidade: o assassinato em 2002 do então prefeito de Santo André, Celso Daniel. No caso da condenação do mensalão, Valério será punido com regime fechado de detenção. O empresário ainda responde a pelo menos outras dez ações criminais, entre elas a do mensalão mineiro.

Os detalhes do depoimento, assinado por Valério e pelo criminalista Marcelo Leonardo, seu advogado, são tratados com reserva pelo Ministério Público. O empresário sempre foi visto por procuradores da República como um “jogador”. Os novos relatos feitos por Valério não terão efeito imediato na ação. Eventualmente, caso haja um acordo de delação premiada num novo processo, o cumprimento da pena pode ser revisto e até diminuído, a depender da Justiça.

Informações de Estadão

FOTO: Dida Sampaio / AE

Compartilhar

Estados e municípios podem não atingir meta de esforço fiscal, diz secretário do Tesouro

Avançar »

Presidente do STF diz que redução da pena de Marcos Valério é “viável”

2 comentários

  1. Edileuza Roland Barbosa
    1 de novembro de 2012

    Precisamos ir até o fundo do lamaçal, doa a quem doer.Temos que acabar com amnésia conveniente “Não sei de nada”
    Isso é querer subestimar uma nação. No entanto, nosso STF tem trabalhado muito com muita dedicação, e isso nos dá esperança, porque sabemos que podemos renascer das cinzas.
    DEUS SALVE O BRASIL DESSAS PESSOAS MAL INTENCIONADAS!

    Responder
  2. carlosche
    2 de novembro de 2012

    o ibope do Homem é demais.
    Pt ( Partido dos Trambiqueiros)
    Queriam 30 anos no poder, só bastou oito,para toda esta maracutaia.
    Esta do Ptef. celso estava escrito na Estrela
    Carlosche

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*