• Visualizações 549

Governador Marconi Perillo admite que nomeou pessoas indicadas por operadores de Carlinhos Cachoeira

Governador negou que tenha atendido a demandas de Cachoeira. A primeira parte do depoimento está sendo toda tomada por perguntas do relator, deputado Odair Cunha (PT-MG).

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Em depoimento à CPI do Cachoeira, o governador Marconi Perillo (PSDB-GO) admitiu que nomeou pessoas indicadas por Wladimir Garcez e pelo senador Demóstenes Torres (sem partido-GO).

De acordo com a Polícia Federal, os dois atuavam como operadores políticos do empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso desde fevereiro acusado de comandar um esquema de corrupção de agentes públicos e privados.

Marconi Perillo negou, porém, que tenha atendido a demandas de Cachoeira. As investigações da PF, que basearam a CPI, indicam o contrário. “O Wladimir fez pedidos pessoais dele na condição de político e vereador. O Demóstenes sugeriu para o primeiro escalão o suplente dele e outros nomes de pessoas qualificadas que foram nomeadas”, disse.

Em seu depoimento à CPI, porém, Wladimir Garcez disse que fez indicações para o governo, mas nenhuma foi aceita.

A primeira parte do depoimento de Marconi Perillo está sendo toda tomada por perguntas do relator, deputado Odair Cunha (PT-MG). O petista tem evitado ataques ao deputado, se concentrando nas perguntas.

Odair Cunha já foi chamado por um colega de “tigrão”, pela forma agressiva com que se referia a Perillo numa reunião anterior da CPI.

Informações de Folha.com

FOTO: Sérgio Lima / Folhapress

Compartilhar

PT pretende levar José Serra à CPI para explicar contratos de São Paulo com a Delta

Avançar »

Deputado Agnelo Queiroz nega favorecimento da Delta Construções em seu governo

Um comentário

  1. Antonio
    12 de junho de 2012

    Se a policia federal investigou tudo, para que o desperdício de tempo e de dinheiro da nação com CPMI, que pouco resolve?
    Vi uns trechos desta CMPI e achei que a comissão está despreparada para a gravidade do assunto.
    O evento propriamente dito, de uma CPMI é muita bagunçada, parece uma sala de aula de 1º grau, numa escola pública. Às vezes uma feira, como disse uma vez o Deputado Clodovil. Durante o depoimento de um parlamentar, outros ficam conversando e rindo, como se estivessem durante o intervalo.
    Todos os integrantes de uma CPMI ou CPI, são advogados?

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*