• Visualizações 3737

“Se anistiar, vira um país sem regras”, diz Dilma Rousseff sobre policiais grevistas da Bahia

Presidente afirma ter ficado “estarrecida” com as gravações telefônicas de conversas de líderes dos policiais e bombeiros baianos.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Na primeira declaração sobre a greve de policiais militares da Bahia, a presidente Dilma Rousseff (PT) disse que respeita as reivindicações da corporação, mas não concorda com anistia para policiais que cometeram crimes durante a paralisação.

Leia Mais

Policiais grevistas desocupam Assembleia Legislativa da Bahia

Dilma foi incisiva ao dizer que crimes contra o patrimônio, contra as pessoas e contra a ordem pública não podem ser anistiados. “Se anistiar, vira um país sem regras”, declarou.

“Não consideramos que seja correto instaurar o pânico, instaurar o medo, criar situações que não são aquelas compatíveis com uma democracia. Eu não considero que o aumento de homicídios na rua, queima de ônibus, entrar encapuzados em ônibus, seja a forma correta de conduzir o movimento.”

A presidente disse que ficou “estarrecida” com as gravações telefônicas divulgadas na quarta-feira, dia 08, que revelam conversas de líderes dos policiais e bombeiros baianos no sentido de radicalizar o movimento, estendendo-o, inclusive, para outros estados. As declarações de Dilma foram dadas durante visita a obras da Ferrovia Transnordestina, no município pernambucano de Parnamirim.

Informações de Agência Brasil

FOTO: Roberto Stuckert Filho / Presidência da República

Compartilhar

Comissão do Senado aprova isenção de Imposto de Renda para idosos

Avançar »

Nova ministra relembra tempos em que dividiu cela com Dilma Rousseff

7 comentários

  1. Mozart da Fontoura Malafaia
    9 de fevereiro de 2012

    E, como se sente a Sra. Presidenta da República que foi anistiada, a anistia só valeria para ela e aqueles demais, dentre meu querido tio Írio Malafaia,do PCB, um dos braço-direito,da época da Coluna Prestes,oito vezes, preso no Presídio da Ilha, de Porto Alegre/RS,que minha amada Mama, já falecida, nos contava que o acolhia e o escondia por causa da Polícia e das Forças daquele Regime, e, ao que nos consta, não vem galgando nenhum cargo político, de quem sempre não comungamos as mesmas idéias, mas a da Democracia Social, sem esteoreotipagens,sim.Por trás da farda da PM, está um cidadão com todos os direitos e deveres cujo último significado cada vez mais abandonado, que vai criando direitos sobre direitos, distanciando-se a sociedade como um todo da palavra dever que deve e precisa imperar ao lado da Ordem!!!

    Responder
  2. DIROFF
    9 de fevereiro de 2012

    Uééé! Mas não anistiou os que mataram e roubaram bancos na época do governo militar?????
    Porque agora não?????

    Responder
  3. 9 de fevereiro de 2012

    E temos alguma regra aqui atualmente a não ser as regras do pt?, se esta greve aconteceu e porque a incompetencia e muito grande, porque não votaram a gap antes? querem punir os pms e quem pune aqueles que deixaram a gap de lado?este bando de corruptos inconsequentes! o dinheiro que ela levou prá encher os cofres cubanos e o que está faltando para resolver a situação das policias no pais inteiro,qual é a regra em jogo ai?

    Responder
  4. Marcelo
    9 de fevereiro de 2012

    Viva a hipocrisia,o PT que tanto falava em anistia, hoje muda o discurso é lamentavel uma pessoa que foi perseguida no regime militar e depois anistiada, hoje hipocritamente é contra a anistia!Que ditadura vem agora? A militar chinesa ou Cubana?

    Responder
  5. vicente de paula lopes
    9 de fevereiro de 2012

    A presidente está com a razão, porém está um pouco atrasada. As regras que defendem as pessoas, só valem para quem não pode pagar fiança e bons advogados. o MST, apenas para dar um exemplo, comete barbaridades contra o patrimônio privado e público e ainda recebe apoio do governo para perpetuar seus crimes. Como se vê, de demagogia também se vive. E vive-se bem.

    Responder
  6. vilmar da silva bosco
    9 de fevereiro de 2012

    E UMA COVARDIA O SALARIO DE FOME DO GOVERNO CARIOCA COM A CRIMINALIDADE DO RIO DE JANEIRO

    Responder
  7. 9 de fevereiro de 2012

    ASSOCIAÇAO DOS TRABALHADORES RURAIS DO VALE DO RIO GUAPORE NO ESTADO DE RONDONIA.VEM MUI.RESPEITOSAMENTE, E RESPONSAVELMENTE.PARABENIZARMOS A VOSSA EXCELENCIA.PRESIDENTA DILMA RUSSEFF,POIS SOMOS GRATOS SOBRE A SUA DECLARAÇAO.QUE AS REVENDICAÇOES.ESTAO NA COSTITUINTE.MAIS AS DESORDENS,E VANDALISMOS,E DESTRUIÇOES.SEJA QUAL FOR O PATRIMONIA.E CRIME.ENTAO TEMOS A SERTEZA DE QUE O NOSSO LINDO PAIZ VERDE E AMARELO.VAI PEGAR UM RUMO DE FUTURO.PARA OS NOSSOS FILHOSME NETOS.POIS DA MANEIRA.QUE ESTAVAM AS ORGANIZAÇOES.FORA DA ORDEM.JA MAIS NOS TERIAMOR UM PAIZ FELIZ.EM NOME DO NOSSO POVO DO ESTADO DE RONDONIA,E DOS NOSSOS MILHARES DE ASSOCIADOS,E NOSSOS LIDERES HONRADOS,QUE LUTAMOS ATE SERMOS OS VITORIOSOS,E ATE OS GABINETES DA PRESIDENCIA. DA REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL,E A PROCURADORIA GERAL DA REPUBLICA NOS SOCORREU.INCLUSIVEL.A VOSSA EXCELENCIA. NOSSA PRESIDENTA DILMA.ENTAO NOSSO MUITO OBRIGADO.POR DEFENDER AS REVENDICAÇOES.POIS NOS SOMOS A FAVOR DA ORDEM,E DA LEI.NOSSO MUITO OBRIGADO.ATODOS DO BEM.HERMES CAVALHEIRO.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*