Renan Calheiros fará parte do Conselho de Ética do Senado

Colegiado estava desativado há dois anos. Serão quinze novos integrantes, ainda a serem oficializados em sessão no plenário.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Alvo em 2007 de cinco representações no Conselho de Ética do Senado, o líder do PMDB, senador Renan Calheiros (AL), será membro titular desse colegiado, que está desativado há dois anos.

O nome dos quinze novos integrantes será oficializado ainda nesta terça-feira, dia 27, com a leitura da relação de nomes indicados pelos líderes dos partidos no início da sessão do plenário.

Além de Calheiros, o PMDB será representado no conselho pelos senadores João Alberto Souza (MA), Romero Jucá (RR) e Lobão Filho (MA), que assumiu o mandato com a nomeação de seu pai, Edison Lobão, para o cargo de ministro das Minas e Energia.

Os demais integrantes do Conselho de Ética do Senado são, pelo PT, os senadores Humberto Costa (PE), Wellington Dias (PI) e José Pimentel (CE); pelo PSDB, os senadores Mário Couto (PA) e Cyro Miranda (GO); além dos senadores Gim Argello (PTB-DF); Jayme Campos (DEM-MT); Vicentinho Alves (PR-TO); Ciro Nogueira (PP-PI); Acir Gurgacz (PDT-RO) e Antonio Carlos Valadares (PSB-SE).

Informações de Veja

FOTO: reprodução

Compartilhar

Senador paranaense toma gravador e ameaça agredir repórter

Avançar »

Homofobia: Bolsonoro ataca colega na comissão de Direitos Humanos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical