• Visualizações 810

Eleições 2010: 16 governadores devem apoiar Dilma Rousseff

Dos 27 governadores, doze eleitos fizeram campanha para o tucano José Serra; presidente eleita pretende fazer governo de “união”.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Eleita presidente da República no último domingo, dia 31, Dilma Rousseff conseguiu maiorias na Câmara e no Senado. No relacionamento com os governadores, entretanto, a presidente deve ter mais dificuldades.

Leia Mais

Dilma Rousseff vence José Serra e será a primeira mulher a governar o Brasil

Ela terá o apoio de 16 dos 27 governadores, enquanto os outros 12 eleitos fizeram campanha para José Serra (PSDB) nas Eleições 2010.

No primeiro turno, 18 estados conseguiram definir as eleições locais. Em 11 deles, os governadores eleitos são favoráveis a Dilma. No segundo turno, mais cinco dilmistas foram eleitos: Agnelo Queiroz (PT), no Distrito Federal; Camilo Capiberibe (PSB), no Amapá; Confúcio Moura (PMDB), em Rondônia; Ricardo Coutinho, na Paraíba; e Wilson Martins (PSB), no Piauí. Nos outros quatro estados, a vitória foi para candidatos que apóiam Serra, todos do PSDB. Anchieta Filho, em Roraima; Marconi Perillo, em Goiás; Simão Jatene, no Pará; e Teotônio Vilela (PSDB), em Alagoas.

A preocupação com esse cenário de divisão de forças ficou clara nas palavras de Dilma nos últimos dias da campanha. Em Belo Horizonte, onde encerrou sua campanha no sábado, 30, ela afirmou que faria um governo de “união” e que pretendia governar “de forma republicana”, sem levar em conta os partidos políticos que cada governador e prefeito representam.

Tucanos e petistas

Os tucanos saíram das urnas com oito governos, o maior número entre todos os partidos. O PSDB ganhou as eleições estaduais em Alagoas, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Pará, Roraima, São Paulo e Tocantins. O DEM, que fez dura oposição a Lula no Congresso, vai governar Santa Catarina e o Rio Grande do Norte. Fez ainda oposição a Dilma o governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), desafeto de Lula.

O PT, partido de Dilma, conseguiu cinco governos. O PT vai governar Acre, Bahia, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Sergipe. O PSB, um dos grandes vencedores desta eleição e aliado ao PT, ficou com seis governos, se tornando o segundo maior partido. A legenda comandará Amapá, Ceará, Espírito Santo, Paraíba, Pernambuco e Piauí.

Apóiam Dilma, ainda, os governadores peemedebistas de Rio de Janeiro, Maranhão, Mato Grosso e Rondônia, e Omar Aziz (PMN), eleito no Amazonas sem o apoio do PT, mas que no segundo turno declarou apoio a Dilma.

Informações de Época

FOTOS: reprodução / Marcello Casal Jr e Época

Compartilhar

Dilma Rousseff vence José Serra e será a primeira mulher a governar o Brasil

Avançar »

Câmara e Senado voltam de recesso eleitoral com diversos assuntos a espera de decisão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*