Dilma Rousseff vence José Serra e será a primeira mulher a governar o Brasil

Candidata petista atingiu a marca de 51,5 milhões de votos, às 20h07min deste domingo, e conquistou o direito de ser Presidente da República pelos próximos quatro anos.

Felipe de Oliveira felipe@novohamburgo.org ?(Siga no Twitter)

Era para ter sido no primeiro turno. Não foi. Desde o início da campanha, no entanto, as pesquisas apontavam que o Brasil seria governado por uma mulher.

Leia Mais

Dilma Rousseff é a primeira mulher presidente do Brasil, aponta Ibope

Às 20h07min deste domingo, dia 31 de outubro, veio a confirmação. De Brasília, o Tribunal Superior Eleitoral – TSE anunciava a atualização da apuração dos votos no segundo turno das Eleições 2010 e dava mais de 51,5 milhões de votos para Dilma Rousseff (PT).

O resultado já era irreversível. José Serra (PSDB) não teria mais como alcançar a adversária petista, a nova Presidente da República. Terá ela o desafio de suceder pelos próximos quatro anos o companheiro Luiz Inácio Lula da Silva (na foto), que deixa o poder com 83% de aprovação. Assume o posto em 1º de janeiro de 2011.

NÚMEROS – Com 95,52% das urnas apuradas, às 20h27min, Dilma tinha 53.321.231 votos (55,70%), contra 42.412.576 (44,30%) de Serra. Nesse horário, o total de votos somava 102.638.533, dos quais 95.733.807 (73,41%) eram válidos, 2.389.755 (1,83%) brancos e 4.514.971 (3,46%) nulos. A abstenção até então era grande. Não compareceram às urnas pelos menos 27.768.994 eleitores (21,29%).

Uma eleição, uma vitória

Dilma Rousseff nasceu em 14 de dezembro de 1947 em Belo Horizonte. Militou no movimento estudantil e no grupo Política Operária, que lutava contra a ditadura militar. Após ser presa pela repressão, passou a viver em Porto Alegre, onde se formou em Economia.

Na vida pública, ocupou cargos de primeiro escalão na Prefeitura da Capital gaúcha, no Governo do Rio Grande do Sul e chegou ao Governo Lula para comandar o Ministério de Minas e Energia. Com a queda de José Dirceu após os escândalos do “mensalão”, assumiu como ministra-chefe da Casa Civil, cargo mais importante de assessoramento ao Presidente da República.

Durante a trajetória política, uma curiosidade: até ser eleita neste domingo a mais importante líder do país, Dilma nunca havia disputado o voto dos brasileiros. Não fora candidata nem a vereadora. Seu saldo agora é de uma eleição, uma vitória.

FOTO: Agência Estado

Compartilhar

Eleições 2010: Presidenciáveis votam acompanhados de aliados

Avançar »

Eleições 2010: 16 governadores devem apoiar Dilma Rousseff

3 comentários

  1. Ana Silva
    1 de novembro de 2010

    Aqui em NH Dilma não venceu e me deixou com uma série de dúvidas. Será que nosso “excelente” prefeito Tarcisio não esta agradando.

    Responder
  2. 1 de novembro de 2010

    se eu desidice o voto ele teria sido eleita pela primeira vez e eu deichari um recado ao psdb que ele so derubaro o pais em 8 ano e agora que o pais esta de pé eles quere volta de novo ele ja era

    Responder
  3. ylecio
    1 de novembro de 2010

    vamos aguardar pra ver : o problema é se ressucitar certas pessoas que não puderam concorrer nas eleiçoes!!!!!

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*