Eleições 2010: Feriadão pode aumentar índice de ausência às urnas no segundo turno

Sinal de alerta foi lançado com o aumento na proporção de eleitores que não compareceram no primeiro turno – 18,12% – com relação a 2006 – 16,95%.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

No dia 31 de outubro, domingo, os eleitores terão de fazer uma escolha, e não apenas com relação aos candidatos que disputam o segundo turno.

Devido ao feriadão que se anuncia com o Dia de Finados na terça-feira seguinte às eleições, 02, há quem tema que uma parte da população decida trocar as urnas por uma viagem para relaxar.

O sinal de alerta foi lançado com o aumento na proporção de eleitores que não compareceram no primeiro turno (18,12%) com relação a 2006 (16,95%). Para complicar, a segunda-feira entre o dia da votação e o feriado de Finados será ponto facultativo para os servidores federais em razão do Dia do Servidor Público (oficialmente comemorado em 28 de outubro). Já o funcionalismo estadual terá feriado antecipado para a próxima segunda-feira, com o objetivo de desestimular abstenções no dia da votação.

Entre os partidários de Dilma e Serra, a expectativa com relação ao feriadão não é ponto pacífico. Em café com a cúpula da campanha de Serra na terça-feira, 05, o tucano Márcio Fortes, um dos interlocutores do candidato, expôs sua apreensão sobre a possibilidade de um aumento nas abstenções. Ele lembrou da derrota de Fernando Gabeira na disputa pela prefeitura do Rio em 2008, vencida por Eduardo Paes. Na ocasião, o governador Sérgio Cabral concedeu ponto facultativo ao funcionalismo na véspera do segundo turno, com grande abstenção na zona sul, reduto eleitoral de Gabeira.

Nos diretórios estaduais do PT e do PSDB, a idéia é de que um eventual aumento nas abstenções prejudicará tanto Dilma quanto Serra. “Não acredito que o feriadão terá influência. Se isso ocorrer, todos perderão votos”, afirma Carlos Callegaro, secretário-geral do PSDB gaúcho.

O presidente estadual do PT, Raul Pont, tem discurso semelhante. Ele diz que o assunto não foi abordado em reuniões do diretório regional e nem entre as lideranças estaduais do partido, na quarta, em Brasília. “Não participei de nenhuma discussão sobre isso, não tenho dados para avaliar”, diz Pont.

Informações de ZH.com

FOTO: ilustrativa

Compartilhar

Eleições 2010: Propaganda eleitoral deve recomeçar na sexta-feira

Avançar »

Eleições 2010: “Tenho o desafio de provar que sou filho de Júlio Redecker também no trabalho”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*