• Visualizações 1024

Partido Social Cristão se constitui em Novo Hamburgo

O Partido Social Cristão – PSC agora conta com representação em Novo Hamburgo. Em cerimônia oficial realizada dia 14 de setembro, na Câmara de Vereadores, foi empossada a diretoria do comitê municipal do partido. A solenidade contou com a presença da presidente estadual do PSC, Maria de Lourdes, satisfeita por estar presente na criação de células de transformação cristã em mais uma cidade, que irão atuar em defesa dos direitos do ser humano.

A diretora municipal do Partido Social Cristão ficou constituída da seguinte forma:

Presidente Srª Dione Dias de Moraes, representante do MBCV

Vice: Pr. Numa Mendes de Oliveira Fº, da Comunidade Ágape

Secretária Geral: Jaqueline Lisboa Lumertz, representante da IPEN

Tesoureiro Geral: Alberto Aumonde Marques, da Igreja Brasil para Cristo

1ª Secretária Michele Kupsensku e 1º Tesoureiro Marcos Maciel da Rosa, da IPEN.

A presidente empossada agradeceu a indicação do seu nome. “O agir de Deus na minha vida aconteceu a partir do momento em que decidi tornar-me  instrumento da ação Dele no mundo e coloquei as minhas mãos a serviço da Sua obra para ajudar a estabelecer o Reino de Deus aqui na terra”, declarou Dione Moraes.

Dione Moraes enviou ao Portal novohamburgo.org, suas considerações principais sobre esta nova etapa de sua vida. Iremos transcrevê-la na íntegra, pois esclarece também os objetivos e base política do PSC.

“Para entendermos, primeiro precisamos estar conscientes de que se Deus é perfeito, o ser humano é imperfeito. Além disso, o homem é formado por duas naturezas: a divina e a humana. A natureza divina significa a nossa unidade com Deus. Porém, uma parcela da humanidade ou desconhece ou não aceita esta unidade com Deus, e se permite ser regida apenas pela natureza humana, o que implica em satisfazer os desejos desta natureza.

Mas, por mais que sofra, não aceita ou não se permite ser regido pela natureza divina.  E este modo de agir é que faz a diferença, Há os que pensam que “ser Cristão é considerar-se como tal.’ Outros, que,“ser Cristão é ser membro de uma igreja.” Há também os que entendem que “ser Cristão é viver uma vida decente,” e muitos, que “ser Cristão é saber a doutrina da Igreja”.

Porém, numa abordagem mais pessoal, percebemos que, a despeito de se considerarem Cristãos, membros de uma Igreja, viverem uma vida decente, seguirem a doutrina da Igreja e fazer boas ações, não ocorreram transformações significativas na vida dessas pessoas.

 O motivo de não ocorrerem transformações reside no fato de que estas pessoas depositam sua fé nas ações humanas, seguem as suas próprias decisões e perseguem o ideal de ser humano perfeito.

 Ser Cristão, entretanto, não é fundamentar a fé em ações decididas por nós, como, por exemplo, ser honesto, decente, fazer boas ações, seguir a doutrina da igreja, seguir nossos princípios, mas na ação de Deus através de nós. É aceitar que ser Cristão não depende da nossa decisão de fazer as coisas em favor de Deus, mas do que Deus decidiu em favor de nós, porque foi Ele quem nos escolheu como filhos. É reconhecer-se pecador que vive do perdão, porque sabe que Deus nos aceita, apesar das nossas imperfeições. É conhecer a sua palavra, as suas leis, para poder entendê-las, segui-las e passar a diante, seja pela palavra, seja através das ações diárias, onde se percebe a existência da ação de Deus.

O estatuto do Partido Social Cristão tem um diferencial quando comparado com os dos outros partidos: Está fundamentado na Doutrina Cristã, ou seja, para concorrer a qualquer cargo pelo PSC, é preciso, não apenas concordar, mas aceitar, permitir e demonstrar que sua vida é regida pelos princípios da Doutrina Cristã, que em suma é a Bíblia.

Assim,o PSC  tem como finalidade garantir:

I – o respeito à dignidade da pessoa humana em primeiro lugar, procurando colocá-la acima de quaisquer valores, por mais importantes que eles sejam ou que possam ser;

II – a realização e execução de seu programa com base na Doutrina Social Cristã;

III – a disciplina e fidelidade aos princípios programáticos, estatutários, as diretrizes, resoluções e deliberações do PSC aplicáveis a todos os seus filiados, principalmente, no exercício do mandato de cargos ou funções públicas eletivas ou não;”

Portanto, mais que um Partido, desempenhar o cargo de Presidente dessa Executiva Municipal, é um Ministério. Esta é uma Obra de Deus para a qual fui chamada a executar, junto com os demais membros desta executiva. Todos nós estamos cientes da nossa responsabilidade em cumprir com essa tarefa, que é “estabelecer o reino de Deus aqui na terra”.

E quando falamos em “estabelecer o reino de Deus aqui na terra” reporto-me ao que Jesus disse em João 10.10 “EU VIM PARA QUE TENHAM VIDA E A TENHAM EM ABUNDÂNCIA”.

Será que não ficou um pouco extenso demais? Mas, penso que é importante saber este diferencial, que é como um certificado de que os candidaos deste partido cumprirão seus mandatos obedecendo a Doutrina Cristã, colocando o “Ser humano em primeiro lugar”.

 

Compartilhar

Eleições 2010: Ana Amélia lidera corrida pelo Senado seguida por Paim e Rigotto

Avançar »

Comissão pune Erenice Guerra com “censura ética”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*