• Visualizações 1109

Número de filiados ao PT é quase o dobro do registrado antes da “era Lula”

Apesar dos escândalos de compra de apoio político e “caixa dois” eleitoral, 572 mil pessoas passaram a ser petistas de carteirinha nos últimos oito anos.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Quando Luiz Inácio Lula da Silva comemorou na avenida Paulista sua primeira vitória nas eleições presidenciais, em outubro de 2002, o PT contava com pouco mais de 828 mil filiados em suas fileiras.

Leia Mais

“Lula não tem responsabilidade intelectual”, acusa FHC

Hoje, a legenda supera tem 1,4 milhão de petistas de carteirinha para reforçar a campanha da presidenciável Dilma Rousseff ao Palácio do Planalto.

Apesar de oficiais, os números estão sujeitos à falta de atualização dos próprios partidos, alertaram especialistas. “O PT tem oito anos no governo federal, com ampla participação de militantes do partido em cargos de confiança. Portanto, esse crescimento, que não chegou a dobrar a sigla, não parece exagerado”, avalia o consultor político Amaury de Souza, da MCM, consultado pelo portal UOL.

Para a cientista política Maria do Socorro Braga, da Universidade Federal de São Carlos – UFSCar, o crescimento da legenda pode ser atribuído, entre outros fatores, à chegada do partido à Presidência e ao Processo de Eleição Direta – PED, no qual os dirigentes petistas são escolhidos em votação dos filiados. O PT é a única entre as principais siglas brasileiras a usar esse sistema.

“Com Lula, eles abriram muito o partido para o filiado menos orgânico”, diz a especialista, ao se referir a novos integrantes de viés menos ideológico. “Essa era uma das estratégias para diluir os grupos mais à esquerda dentro do PT”. Para o consultor Souza, o “número de filiados é determinado pelos diretórios municipais. Se o partido os incentiva, cresce”.

O PMDB, sigla com mais filiados no Brasil e que tem o maior número de diretórios municipais e prefeitos no país, tem 2,3 milhões de membros. A representatividade do partido foi um dos elementos que pesaram para a aliança de peemedebistas com a petista Dilma.

Informações de portal UOL

FOTO: reprodução / leninlsonazevedo.com

Compartilhar

Eleições 2010: Lula defende abertamente candidatura de Tarso pela primeira vez

Avançar »

Eleições 2010: Band realiza primeiro debate na TV com candidatos gaúchos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*