Assembléia já definiu as prioridades de Novo Hamburgo para Consulta Popular

Nesta ordem, as preferências são: infraestrutura, saúde, educação, capacitação de agentes comunitários e prevenção e segurança, que totalizariam 4,802 milhões em investimentos.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O processo de Consulta Popular Estadual 2010 teve início em Novo Hamburgo na noite da última quarta-feira, dia 26 de maio, com a assembléia que escolheu as áreas de investimento e os delegados que representarão o Município nas próximas etapas do processo.

Leia Mais

Prefeitura chama hamburguenses para assembléia preparatória da Consulta Popular

O evento ocorreu no Salão de Atos do Centro Administrativo Leopoldo Petry, e contou com 135 participantes. Foram eleitas, por consenso, áreas como educação, saúde, segurança e capacitação pública, prevenção social e infraestrutura.

Esses temas serão apresentados em nova reunião para que possam ser incluídas na cédula de votação da consulta regional, que ocorrerá no dia 23 de junho. Ao final da consulta, Novo Hamburgo poderá receber até R$ 4,8 milhões, dependendo da participação da comunidade na votação deste ano.

No início do encontro, o prefeito Tarcísio Zimmermann relatou alguns investimentos que estão sendo feitos e priorizados em Novo Hamburgo, como as novas Unidades de Saúde da Família – USFs e a Unidade de Pronto Atendimento 24 horas – UPA, que será anunciada nos próximos dias.

Além disso, ele ressaltou a importância de uma unidade no momento de elencar as prioridades da cidade. “Precisamos equilibrar os investimentos para que não tenhamos recursos isolados e de pouca efetividade”, destacou.

Em seguida, o presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento de Novo Hamburgo – COMUDE/NH, Paulo Haubert, e a assessora de Relações Institucionais da Prefeitura, Lorisete Leão Dias, explicaram o funcionamento do processo de participação.

Participação da Comunidade

Durante o espaço destinado ao público, diversas pessoas defenderam prioridades de suas comunidades em particular. Entre elas, a moradora do bairro Boa Saúde Maria Inês do Amaral, 52, argumentou em benefício da estruturação dos catadores e recicladores do Município.

Em sua explanação ela chegou a mostrar ao público exemplos de lixo que são encontrados diariamente nas ruas. “Sou uma simpatizante desses trabalhadores e onde tenho oportunidade defendo essa questão”, disse.

Devido à presença expressiva da comunidade, Novo Hamburgo contará com três delegados no processo de Consulta Popular. Foram eleitos Evaldo Machado de Souza, morador do bairro Canudos, Maria Susiane Gutbier, de Lomba Grande, e Neiva Anarolina Machado Fucolo, representante da União das Associações Comunitárias – UAC.

No próximo encontro, quando serão apresentadas as solicitações de cada cidade que integra o Conselho Regional de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul do Vale do Rio dos Sinos – CONSINOS, e por conseqüência, definida a cédula de votação que será fornecida na última etapa da consulta, ocorrerá no dia 31 de maio, na sede da entidade em Canoas.

Prioridades eleitas na Assembléia

Infraestrutura R$ 1,6 milhão

Saúde – R$ 1,4 milhão

Educação – R$ 940 mil

Capacitação de agentes comunitários e prevenção – R$ 550 mil

Segurança – R$ 312 mil

Total: R$ 4,802 milhões

Informações da Imprensa da PMNH.

FOTO: divulgação / Robson Nunes

Compartilhar

Partido dos Trabalhadores entra com ação contra o DEM por propaganda antecipada

Avançar »

Menos da metade das ações do PAC foram concluídas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*