• Visualizações 757

Acusado de matar ex-namorada, atleta paralímpico Oscar Pistorius é liberado

Vizinhos teriam escutado discussão entre o casal momento antes dos disparos acontecerem. De acordo com autoridades, crime não possui outros suspeitos.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O atleta paralímpico sul-africano Oscar Pistorius, 26 anos, prestou depoimento na tarde desta quinta-feira, dia 14, e foi liberado momento após ser detido pela polícia, acusado de ser o principal suspeito de ter assassinado sua namorada. No total foram disparados quatro tiros, sendo que um deles atingiu na cabeça vítima.

De acordo com o jornal sul-africano Beeld, Pistorius admitiu ter matado a modelo Reeva Steenkamp, de 30 anos, após tê-la confundido com um ladrão. A polícia local informou que não dará nomes de possíveis suspeitos do crime até que as investigações estejam terminadas. No entanto, a porta-voz Denise Beukes confirmou que o esportista esteve em sua residência no momento em que houve a morte da modelo e que não há outro suspeito envolvido.

“Sim, existem testemunhas e aconteceram depoimentos nesta manhã”, informou Beukes. “Estamos falando com vizinhos e pessoas que ouviram coisas que aconteceram no início da noite e quando o incidente ocorreu”, completou.

De acordo com uma publicação do “News 24”, algumas testemunhas alegam ter escutado uma suposta briga de Pistorius com a ex-namorada  antes do momento dos tiros.

Informações de esporte.ig

FOTO: reprodução / guardian.co.uk

 

Compartilhar

Corredor paralímpico Oscar Pistorius é indiciado pela morte da namorada

Avançar »

Rússia: Meteoro que atingiu o país pesava 10 toneladas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*