• Visualizações 600

Brasileira morta em Portugal provocou incêndio, segundo polícia

Além de Luciana Pinheiro, morreram no incêndio a filha dela, de 10 anos, e um filho, de 13 anos. Os três corpos foram encontrados no quarto.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Nesta quinta-feira, dia 23, a polícia portuguesa afirmou que a brasileira Luciana Pinheiro, morta em um incêndio junto com os dois filhos em Castro Marim, Portugal, colocou fogo em um quarto da casa onde estava.

Segundo o diretor da área sul da Polícia Judiciária, Luís Mota Carmo, ela se trancou no cômodo com os filhos, espalhou combustível e ateou fogo. O caso aconteceu por volta das 10 horas (06 horas no horário de Brasília) desta quarta-feira, dia 22.

Além de Luciana, morreram no incêndio a filha dela, de 10 anos, e um filho, de 13 anos. Os três corpos foram encontrados no quarto. Segundo Carmo, Luciana possuía um histórico de depressão.

A polícia ainda não conseguiu falar com o marido de Luciana, que também é brasileiro. Ele havia saído de casa por volta das 8 horas para trabalhar no dia do incêndio. Outras pessoas estão sendo ouvidas por investigadores. Segundo relatos recolhidos pela polícia, vizinhos da família ouviram gritos de um menino antes do incêndio.

Policiais aguardam o resultado das autópsias e dos relatórios da Polícia Científica para poder esclarecer qualquer dúvida e encerrar o processo. A cidade de Castro Marim fica na região do Algarve, sul de Portugal. Luciana era dentista, proprietária de uma clínica dentária em Vila Real de Santo António e residia em um condomínio na Quinta do Sobral.

O cônsul do Brasil em Faro, Portugal, embaixador Manoel Inocêncio, disse nesta quinta-feira, 23, que ainda não foi procurado pela família, mas que o consulado dará toda a assistência necessária. Em entrevista à EPTV, a família da dentista disse que transportará os corpos para o Brasil e realizará o enterro em Cristais Paulista (SP), cidade natal da vítima.

Informações de G1

FOTO: reprodução / Último Segundo

Compartilhar

Usina nuclear Atucha 1 entra em estado de alerta na Argentina

Avançar »

Tiroteio em Nova Iorque causa duas mortes e deixa nove feridos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*