• Visualizações 522

Manifestantes prometem protestos caso Fernando Lugo seja destituído

Cerca de 1,5 mil pessoas acamparam nas imediações do Congresso para pressionar os legisladores. Destino de Lugo deve ser decidido em quatro sessões no Senado paraguaio.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Movimentos sociais e aliados do presidente do Paraguai, Fernando Lugo, prometem tomar as ruas de Assunção para protestar caso ele seja afastado nesta sexta-feira, dia 22.

De acordo com o jornal ABC Color, cerca de 1,5 mil manifestantes acamparam nas imediações do Congresso para pressionar os legisladores. Na quinta-feira, dia 21 à tarde, diversos comércios fecharam as portas no centro de Assunção por medo de confrontos. O destino de Lugo deve ser decidido ainda nesta sexta-feira,22, em quatro sessões relâmpago no Senado paraguaio.

Miguel López Perito, secretário pessoal de Lugo, disse à imprensa paraguaia que representantes do presidente também abririam uma ação de inconstitucionalidade em tribunais do país contra o processo que pode levar ao seu afastamento do poder.

O Paraguai mergulhou em uma crise política na quinta-feira, 21, quando 76 dos 80 parlamentares da Câmara dos Deputados votaram a favor da abertura de um processo de impeachment contra Lugo. Na ocasião, apenas um deputado apoiou o presidente e três se abstiveram da votação.

A Constituição paraguaia estabelece que o presidente e outras autoridades podem ser processados por “mau desempenho de suas funções, por delitos cometidos no exercício de seus cargos ou por delitos comuns”.

Lugo é acusado de responsabilidade nos confrontos em Canindeyú. Aliados do líder paraguaio, porém, dizem que a rapidez com a qual o processo de impeachment está tramitando no Legislativo o configuraria como um “golpe branco”.

Para o impeachment, a oposição paraguaia precisa dos votos de 30 dos 45 senadores, mas como apenas três membros apoiam Lugo. Dentro e fora do Paraguai já há movimentações em favor do presidente paraguaio, que foi eleito em 2008 com 41% dos votos, mas não há clareza sobre os seus índices de aprovação atualmente.

Informações de IG

FOTO: reprodução / AP

Compartilhar

Paraguai aprova processo de impeachment contra Fernando Lugo

Avançar »

Após impeachment, Fernando Lugo instaura governo paralelo no Paraguai

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*