• Visualizações 557

Ex-presidente do Egito Hosni Mubarak está em coma, segundo autoridades egípcias

Ex-presidente tem problemas cardíacos e sofre efeitos de um tratamento de combate ao câncer. Ele é acusado pela morte de pessoas em decorrência de conflitos entre manifestantes e agentes do governo.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O ex-presidente do Egito Hosni Mubarak, de 84 anos, entrou nesta segunda-feira, dia 11, em coma depois de sofrer problemas respiratórios e arritmia cardíaca.

A informação sobre o agravamento do estado de saúde de Mubarak, que cumpre prisão perpétua em um hospital militar, foi confirmada por autoridades do Ministério do Interior.

No sábado, dia 02, Mubarak ouviu a sentença de sua prisão deitado em uma cama e de óculos escuros. No momento em que a sentença foi proferida ele não demonstrou reação. De acordo com autoridades egípcias, o ex-presidente tem problemas cardíacos e sofre efeitos de um tratamento de combate ao câncer.

O ex-presidente foi sentenciado à prisão perpétua devido às mortes de ativistas políticos durante os protestos contra o governo, no começo do ano passado. Cerca de 800 pessoas morreram em decorrência dos conflitos entre manifestantes e agentes do governo. O ex-presidente foi apontado como responsável pela violência.

Desde a renúncia de Mubarak, em 11 de fevereiro de 2011, o Egito é governado por uma Junta Militar. Porém, está marcado o segundo turno das eleições no país para os dias 16 e 17 junho. Manifestantes protestam contra a prisão perpétua de Mubarak. Eles defendem a pena de morte.

Informações de Agência Brasil

FOTO: reprodução / AFP

Compartilhar

Síria corre risco iminente de guerra civil, afirma secretário-geral da ONU

Avançar »

Russos vão às ruas em protesto contra o presidente Vladimir Putin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*