Brasileiros são encontrados mortos no Peru

Rádio peruana afirma que engenheiros foram mortos por camponeses contrários à hidrelétrica sobre a qual os dois estudavam.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Dois engenheiros brasileiros foram encontrados mortos no Norte do Peru nesta quarta-feira, dia 27.

Mário Gramani Guedes e Mário Augusto Soares Bittencourt eram funcionários da empresa Leme Engenharia e estavam no país fazendo um estudo prévio para a construção de uma hidrelétrica.

A empresa confirmou a morte dos dois funcionários, mas não informou suas circunstâncias. O Itamaraty disse à BBC que os engenheiros desapareceram na segunda-feira, 25. Segundo a polícia peruana, os corpos foram encontrados sem sinais de violência e com todos os seus pertences, incluindo câmeras fotográficas e dinheiro. Uma das hipóteses que os investigadores estão trabalhando é de mortes causadas pelo frio ou pela altitude.

No entanto, de acordo com o site da rádio peruana RPP, os dois foram mortos por camponeses da região, que seriam contrários à construção da hidrelétrica. A Leme Engenharia disse que está dando apoio psicológico e financeiro às famílias das vítimas e que acompanha as investigações da polícia local.

A autópsia será feita em Bagua Grande e, em seguida, os corpos serão levados para a cidade de Chiclayo e depois para Lima. Um diplomata da Embaixada do Brasil em Lima viajou à região para acompanhar o caso e auxiliar no translado dos corpos.

Informações de Agência Brasil

FOTO: reprodução / G1

Compartilhar

Venda do CD “Back to Black”, de Amy Winehouse, aumenta 37 vezes após morte da cantora

Avançar »

Relatório culpa tripulação por acidente do vôo 447 da Air France

Um comentário

  1. JANE correa soares
    30 de julho de 2011

    acho horrivel pq sente e a familia as pessoas nao tem o dIreito de trabalhar pq a justica no BRASIL nao existe muito menos no pais exterior.LAMENTO PELOS MEUS O MEU SENTIMENTO E TRISTE NAO TENHO PALAVRAS PARA EXPRESSAR EM RELACAO A MINHA FAMILIA,MINHA TIA NAO MERECE ISTO. LAMENTO POR ELE E FAMILIA

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*