Justificativa para não divulgar fotos do corpo de Bin Laden é evitar retaliações

Presidente do Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes defende que divulgação colocaria tropas em perigo.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Depois de discussões com sua equipe de segurança nacional, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, decidiu que as fotos do corpo de Osama Bin Laden eram explícitas demais e poderiam estimular seus seguidores a planejar retaliações.

Leia Mais

Fotos do corpo de Bin Laden não serão divulgadas

Segundo o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, liberar as imagens passaria uma imagem de arrogância dos EUA. “Não somos assim”, disse. O debate sobre a divulgação das imagens tomou conta da Casa Branca nos últimos dois dias. Para alguns assessores de alto escalão, a liberação seria inevitável. Na terça-feira, dia 03, o diretor da CIA, Leon Panetta, disse que a fotografia acabaria sendo apresentada ao público.

No Pentágono e no departamento de Estado, no entanto, houve receio em apresentar fotos do corpo de Bin Laden coberto de sangue. Na quarta-feira, 04, quando a decisão foi tomada, a maioria das opiniões era favorável à retenção das fotos, informou Carney.

Outra corrente argumentou que a divulgação das fotos não silenciaria as dúvidas sobre a execução de Bin Laden no Paquistão, o que a Casa Branca considera indiscutível. “O fato é que você não verá Osama Bin Laden andando por este planeta outra vez”, disse Obama em uma entrevista à rede de TV CBS, que deve ser exibida no próximo domingo, 08.

“Bin Laden não é troféu”

O porta-voz do presidente acrescentou que a liberação das imagens não era necessária para comprovar a morte de Bin Laden. Ainda de acordo com Carney, Obama considerou desnecessário e imprudente divulgá-las.

Alguns parlamentares expressaram opiniões similares. Para eles, a medida teria um retorno pequeno e colocaria em perigo as tropas estadunidenses no Iraque e no Afeganistão.

“Imagine como o povo americano reagiria se a Al-Qaeda matasse um de nossos soldados ou líderes militares e colocasse a foto na internet?”, questionou o republicano Mike Rogers, presidente do Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes. “Bin Laden não é um troféu. Ele está morto e vamos nos concentrar em continuar a luta contra a Al-Qaeda.”

Informações de Estadão

FOTO: reprodução / AFP

Compartilhar

Vôo 147 Air France: Primeiro corpo é trazido à superfície

Avançar »

Al-Qaeda confirma morte de Bin Laden e promete manter a “guerra santa”

sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*