Brasil vence reservas do Barcelona e fecha período de treinos

Na Espanha, Seleção Brasileira de Mano Menezes faz 3 a 0 no time B do Barça com gols de Lucas, Alexandre Pato e Fernandinho.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Era só um jogo-treino, é verdade. Mas do outro lado estava um time melhor do que muita seleção por aí: o Barcelona B.

A Seleção Brasileira não queria saber se era jogo oficial ou não. Perder, nem pensar! Bem pelo contrário. Para agradar Mano Menezes, venceu por 3 a 0 nesta terça-feira, dia 07, na Espanha. Lucas, Alexandre Pato e Fernandinho marcaram.

Foi o encerramento do período de treinamentos no CT do Barcelona. Sem amistosos marcados com países de tradição, Mano preferiu usar a semana com datas da Fifa apenas para reunir os jogadores, sem convocar atletas que atuam no Brasil.

Guardiola e Puyol, técnico e capitão do Barça, assistiram ao jogo-treino no campo 7 da Ciudad Deportiva. Assim como o ex-goleiro Zubizarreta, atual dirigente do clube. Os campeões mundiais brasileiros Mazinho (1994) e Edmílson (2002) também marcaram presença.

Uniforme de treino,

disposição de jogo

O Barcelona B entrou em campo com apenas três dos seus titulares e sem as jovens promessas Thiago Alcântara (filho de Mazinho) e o mexicano Jonathan dos Santos, que já ganharam chances no time principal. Rafael, outro filho do ex-lateral, ficou no banco e entrou na etapa final.

O Brasil jogou com uniforme de treino, mas com numeração e disposição de jogo. A escalação teve Diego Alves, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz, André Santos, Lucas, Ramires, Philippe Coutinho, Carlos Eduardo, Robinho e Alexandre Pato.

O primeiro gol saiu aos 12 minutos. Após passe do capitão Robinho, Lucas entrou sozinho na área, pela direita, e bateu na saída do goleiro. Dois minutos depois, o segundo: Lucas roubou a bola e deu para Philippe, que tocou por trás da zaga para Alexandre Pato entrar na área e marcar.

SEGUNDO TEMPO – Na etapa final, Mano trocou jogadores e só deixou o goleiro em campo. O Brasil ficou com: Diego Alves, Rafael, Henrique, Alex, Adriano, Fernandinho, Hernanes, Sandro, Douglas Costa, André e Hulk. Diego ainda daria lugar ao jovem Gabriel, do Cruzeiro, no gol.

Com as mudanças, a Seleção passou a ter mais dificuldades e sofreu com a marcação da garotada do Barça. Aos 35, conseguiu encontrar um espaço graças a um erro do rival: após passe errado na defesa, a bola sobrou para André, que rolou na direita para Fernandinho chutar cruzado e fechar o placar.

Informações de GloboEsporte.com

FOTO: reprodução / GloboEsporte.com

Compartilhar

Duathlon: Jonas Araújo entre os 10 melhores do mundo

Avançar »

British Petroleum divide culpa pelo desastre ambiental com outras empresas

sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*