Fórmula 1: Mark Webber vence na Hungria

Com a vitória, Webber é o novo líder do campeonato. Alonso cruza a linha de chegada em segundo lugar, Vettel é o terceiro e Massa o quarto. Barrichello ultrapassa espetacularmente Schumacher e chega em décimo.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O australiano Mark Webber (RBR) venceu neste domingo, 01, o Grande Prêmio da Hungria de Fórmula 1. Com uma estratégia corajosa de retardar seu pit stop, e contando com a má sorte de rivais como Sebastian Vettel e Lewis Hamilton, o experiente piloto da Red Bull conquistou sua quarta vitória na temporada de 2010 e ainda assumiu a liderança do campeonato. Fernando Alonso (Ferrari) chegou na segunda posição, seguido de perto pelo alemão Sebastian Vettel (RBR), que foi o terceiro e de Felipe Massa (Ferrari) que chegou na quarta colocação.

A emoção da corrida ficou por conta do pega, nas voltas finais, entre os desafetos Rubens Barrichello e Michael Schumacher. Quando eram companheiros de equipe na Ferrari, Rubinho sempre foi ordenado a deixar Schumacher passa para vencer as corridas e somar pontos para conquistar campeonatos.

Só que neste domingo na Hungria foi diferente. A estratégia do brasileiro foi retardar ao máximo o seu pit stop e quando parou voltou 5seg atrás do alemão. Em duas voltas Rubinho tirou a diferença e passou a perseguir o alemão.

Depois de tentar duas vezes, Barrichello entrou colado na 66ª volta, tirou o carro de lado e mesmo espremido no muro (foto ao lado), pelo heptacampeão mundial, conseguiu fazer a ultrapassagem. O arrojo lhe rendeu um ponto no GP da Hungria. Após a corrida os comissários da prova divulgaram que irão analisar a manobra de Schumacher e o alemão pode ser punido pela atitude antidesportiva no momento que foi ultrapassado.

Sequência de Barbeiragens

O Grande Prêmio da Hungria ainda teve uma sequência de barbeiragens na primeira rodada de pit stops, realizada a partir da 16ª volt. Robert Kubica, Adrian Sutil e Nico Rosberg se complicaram no próprio pitlane.

A entrada dos carros nos boxes foi antecipada graças ao safety car, que foi à pista na volta 15. Após a passagem dos lideres pelos boxes, Robert Kubica repetiu a ação para realizar sua troca de pneus. Porém, na saída um mecânico liberou sem verificar as condições e quando o polonês saiu do boxe foi atingido pela Force India de Adrian Sutil, que se preparava para fazer sua troca logo à frente. Sutil abandonou, e Kubica foi posteriormente punido.

Quase simultaneamente, Nico Rosberg deixava o boxe da Mercedes apressadamente, com sua troca de pneus realizada. Na pressa de recolocar o piloto na pista, um dos mecânicos não fixou a roda corretamente e Rosberg perdeu seu pneu traseiro direito ainda no pitlane. O componente rolou, passou em meio aos mecânicos da BMW-Sauber e quase acertou a Renault. Rosberg abandonou. 

Confira a classificação do mundial de pilotos após 12 corridas realizadas

FOTO: reprodução / Getty Imagens

Compartilhar

Fórmula 1: Massa reencontra médicos que salvaram sua vida

Avançar »

Brasileirão 2010: Resultados de sábado ajudam dupla Gre-Nal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*