• Visualizações 989

Reconstrução do Haiti ainda não começou

Seis meses após o terremoto, país continua em meio ao caos e escombros ainda estão pelas ruas; apenas o Brasil e mais dois países fizeram depósitos para reconstrução.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Seis meses depois do terremoto que devastou o Haiti e deixou cerca de 250 mil mortos, o país ainda não começou a ser reconstruído.

De acordo com a BBC Brasil, organismos internacionais citam o excesso de escombros nas ruas como um dos principais sinais da “lentidão” em relação ao desastre. Estima-se que o tremor tenha deixado 20 milhões de metros cúbicos de entulho e que apenas entre 5% e 10% desse total tenha sido recolhido nos últimos seis meses.

Segundo o representante da Organização dos Estados Americanos – OEA no Haiti, Ricardo Seitenfus, logo depois do desastre, alguns países chegaram a enviar máquinas para ajudar na limpeza dos escombros. Mas os equipamentos foram retirados meses depois. Para ele, a limpeza das ruas pode demorar até seis anos caso o atual ritmo seja mantido.

Desafios de moradia

De acordo com o governo haitiano, os desabrigados chegam a 1,5 milhão de pessoas que vivem, atualmente, em barracas de lona. Um dos desafios é a construção de moradias temporárias – pequenas casas feitas sobre estrutura de aço e que podem ser facilmente removidas, se necessário.

A Organização das Nações Unidas – ONU informou que, até o momento, 3,7 mil unidades temporárias foram construídas. A meta é chegar a 125 mil nos próximos 12 meses. Segundo o escritório das Nações Unidas para Assuntos de Coordenação Humanitária – Unocha, o terremoto fez surgir 1.240 campos de refugiados.

O governo haitiano calcula que a reconstrução do país, a longo prazo, deverá custar US$ 11,5 bilhões. Em março, um grupo de países doadores, entre eles o Brasil, estabeleceu um fundo internacional de US$ 5,3 bilhões a serem gastos até o final de 2011. No entanto, organismos internacionais têm criticado a demora com que o dinheiro está sendo efetivamente colocado à disposição.

De acordo com a OEA, dos mais de 20 países doadores, apenas o Brasil, a Noruega e a Venezuela já fizeram seus depósitos no fundo de reconstrução.

Informações de Agência Brasil

FOTO: reprodução / dianafm

Compartilhar

Uruguai é raça, mas com qualidade: Forlán é o melhor jogador

Avançar »

Dia Mundial do Rock: 25 anos

Um comentário

  1. 17 de agosto de 2010

    Se 6 meses já passaram e nada ainda começou, e quando vai começar?
    Reza pelo Haiti, quem puder, pela sua libertação e pela libertação do povo. Isso é mais importante.
    http://www.dieucel.blogspot.com

    http://dieucel.blogspot.com/2010/08/o-povo-haitiano-esta-cansado-libertacao.html

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*