• Visualizações 1649

Tragédia no futebol mexicano: Médicos não conseguem retirar bala da cabeça de Cabañas

Neurocirurgião diz que atacante sofreu traumatismo craniano e que removeu coágulo. Presidente do América do México pede paciência sobre evolução

Segundo o médico  Ernesto Martínez, responsável pela cirurgia no hospital Ángeles del Pedregal, na Cidade do México, o paraguaio está em estado grave, mas estável.

Da Redação redacao@novohamburgo.org

Em entrevista coletiva depois da operação, o neurocirurgião afirmou que o atacante paraguaio sofreu um grave traumatismo craniano e que pedaços de ossos foram retirados da cabeça, mas que a bala não foi removida para evitar causar mais danos ao atleta.

Leia mais

Cabañas é baleado no México

– Controlamos o sangramento e conseguimos retirar um coágulo que havia no cérebro. Temos que ter fé e esperança. A bala continua e continuará por muito tempo em sua cabeça. O projétil já não vai causar mais danos. Não há previsão, nem seqüelas, nem idéia do que pode acontecer. Esperamos que seja uma situação favorável, porque é um homem jovem e forte – disse o médico.

Com informações do GloboEsporte.com e agências de notícias

FOTO: reprodução / clubamerica.com.mx

Compartilhar

Americana de 136 kg mata namorado de 54 kg ao sentar em cima dele em briga

Avançar »

Médicos amputam perna errada de paciente octogenário no Peru

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*