Integrantes da comitiva de Lula ficaram na Alemanha por estarem com gripe suína

Um segurança do presidente e um suboficial da aeronáutica tiveram diagnóstico confirmado pouco antes de embarcarem e tiveram que ficar. Itamaraty informou que os dois passam bem

Dois integrantes da comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva contraíram a influenza A (H1N1) – gripe suína – durante viagem à Europa. Um segurança do presidente e um suboficial da aeronáutica, que não tiveram os nomes divulgados, permanecem em Hamburgo, na Alemanha, e não embarcaram de volta para o Brasil com a comitiva presidencial.

Segundo informações do Itamaraty, os dois saíram de Lisboa, em Portugal, e foram diretamente para Hamburgo, sem passar por Berlim. Os seguranças estiveram hoje (4) na estação central de da cidade para receber a comitiva presidencial, que saiu de da capital alemã pela manhã.

Os dois tiveram febre alta na noite de quinta-feira, 03, e receberam nesta sexta-feira, 04, antes do embarque, a confirmação de que se tratava de influenza A (H1N1) – gripe suína e não puderam embarcar. O Itamaraty informou também que um médico alemão que esta acompanhando o caso disse que os dois passam bem, não serão medicados e tomarão uma vacina apenas se a febre persistir. Eles poderão ser levados a Berlim de carro, o que está sendo providenciado pelo governo brasileiro.

ABr

Compartilhar

Unitaid lança a campanha “Obrigado Brasil”

Avançar »

Chanceler chileno ameniza decisão peruana de comprar tanques e aviões de guerra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*