Dunga justifica derrota do Inter pela eficiência do Santos

Técnico destacou que time criou muitas chances, mas foi desatento nos gols sofridos. Lateral-esquerdo Fabrício foi expulso no final do jogo por reclamação. Dunga admitiu que o jogador errou no lance.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A eficiência ofensiva do Santos foi a justificativa encontrada pelo técnico Dunga para a derrota do Inter por 2 a 1 na noite desta terça-feira, dia 10, no estádio do Vale, em rodada atrasada do Campeonato Brasileiro.

O treinador lembrou as boas oportunidades desperdiçadas pela sua equipe e disse que os gols do adversário contaram com a desatenção dos jogadores colorados.

“O Santos foi muito eficiente hoje. Teve duas boas chances, de bola parada, e marcou os gols. Nós não fomos tão eficientes , tanto que criamos muito, mas fizemos só um gol”, observou o comandante colorado. “Principalmente no segundo tempo, fomos melhores e não fizemos os gols”, acrescentou.

Segundo Dunga, faltou ao time vermelho atenção nas jogadas que originaram os gols do adversário. “Sempre que se toma um gol, é ocasionado por um erro, uma desatenção do time. No segundo tempo, estávamos com um bom volume de jogo e tomamos segundo”, ressaltou.

O lateral-esquerdo Fabrício foi expulso no final do jogo por reclamação. Dunga admitiu que o jogador errou no lance. “É muito recente, a gente estava longe, não deu para ver a jogada. Foi uma reclamação e o árbitro vai punir nesse tipo de lance. Foi um erro do atleta”, afirmou.

Informações de CP / R7

FOTO: reprodução / Fabiano do Amaral

Compartilhar

Definidas as chapas para eleição do Conselho do Grêmio

Avançar »

Juventude garante vaga na Série C de 2014

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Turismo
home_central_vertical