No Olímpico, Grêmio perde para o Canoas

Na próxima rodada, o Grêmio pega o Santa Cruz, novamente no Olímpico, no domingo. Já o Canoas visita o Cerâmica, às 18horas, também no domingo, no Vieirão.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Na volta ao Estádio Olímpico, o Grêmio perdeu para o Canoas por 2 a 1 nesta quinta-feira, dia 24, pela segunda rodada do Gauchão. Os visitantes chegaram a abrir dois gols de vantagem com Ederson e Thiago Santos. Destaque do time de garotos montado pelo Tricolor para o Estadual, Lucas Coelho descontou.

Na próxima rodada, o Grêmio pega o Santa Cruz, novamente no Olímpico, no domingo. O time de garotos segue na disputa, visto que o principal tem a decisão de vaga na fase de grupos da Libertadores, na próxima quarta-feira, dia 30, na Arena. Já o Canoas visita o Cerâmica, às 18 horas, também no domingo, no Vieirão.

Em Campo

Quem assustou primeiro foi o Canoas, embora o Grêmio tivesse presença ofensiva, em chegada na bola aérea. Depois, Calyson, Werley e Lucas Coelho tiveram chances, mas não conseguiram vencer Nicolas. Coelho foi quem teve a melhor, após tentar conduzir rebote de finalização de Gustavo Xuxa. Mas o goleiro do Canoas foi mais rápido que o camisa 9.

Antes do final da primeira etapa, porém, o Canoas apertou o ritmo. E chegou ao gol que “reinagurou” o Olímpico. Maicon Sapucaia cobrou escanteio do lado esquerdo de ataque. A bola viajou em curva e encontrou Ederson livre. O atacante escorou e venceu Busatto, aos 43 minutos, para abrir o placar antes da descida para os vestiários.

Na volta, o Grêmio teve mais dois atacantes: Jean Deretti e Paulinho. Rondinelly e o lateral-esquerdo Carlos Alexandre deixaram o campo. O jogo ficou aberto e ganhou em velocidade. Aos 2, Paulinho entrou driblando e quase marcou. Por outro lado, o Canoas também assustou e obrigou Busatto a fazer três grandes defesas: Ederson e Tiago Santos, com arremates e jogadas aéreas, incomodaram o goleiro.

O jogo se complicou para os gremistas aos 11. Ederson fez boa jogada pela esquerda, ao driblar três marcadores e acionar Nathan pelo meio. O volante enfiou bola nas costas de Calyson, agora lateral-esquerdo, para Tiago Santos. Na saída de Busatto, com uma cavadinha, o centroavante marcou o segundo dos visitantes.

Parece que a desvantagem de dois gols acordou o Tricolor. Dez minutos depois após uma pressão com três finalizações, a estrela de Lucas Coelho brilhou novamente. O camisa 9, que marcou contra o Esportivo, aparou cruzamento de Jean Deretti da esquerda na pequena área e descontou.

A partir do gol, os tricolores passaram a se postar mais à frente. Rodrigo Bandeira mudou o time e apostou nos contra-ataques com Ederson, que obteve vantagem em grande parte das jogadas sobre Gerson e Tinga. A estratégia era esperar um pouco o Tricolor. Deu certo. O Grêmio não conseguiu criar mais oportunidade para empatar a partida e terminou o retorno ao Olímpico derrotado.

Informações de Band

FOTO: reprodução / Band

Compartilhar

Nóia espera contar com o apoio da torcida contra o São José

Avançar »

Nóia segura empate contra o Inter fora de casa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*