Muricy Ramalho critica arbitragem e Giovanni Luigi rebate: “futebol não se faz desta maneira”

Presidente colorado afirma que “o Santos vem tentando condicionar a arbitragem”. Partida pela Libertadores é nesta quarta.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Muricy Ramalho, técnico do Santos, não gostou do árbitro escalado para apitar a partida contra o Inter na próxima quarta-feira, dia 04, pela Libertadores da América. A reclamação sobre a escolha de Sandro Meira Ricci foi feita neste domingo, 1°.

O presidente do Inter, Giovanni Luigi (foto), reagiu às declarações do técnico do time paulista, classificando a atitude como uma tentativa de condicionar a arbitragem. “A gente percebe que o Santos vem tentando condicionar a arbitragem, fez isso no primeiro jogo e novamente”, afirma. “É impressionante, sempre clubes se utilizando deste expediente. Fica nosso protesto, porque futebol não se faz desta maneira.”

Luigi avalia que o Inter foi prejudicado na partida diante do Santos, na Vila Belmiro, devido à pressão do clube paulista na arbitragem. O presidente colorado confia na atuação de Sandro Meira Ricci na quarta-feira, no Estádio Beira-Rio.

Informações de Zero Hora

FOTO: Carmelito Bifano / UOL

Compartilhar

Kleber se recupera de cirurgia com carinho da torcida e visita de Luxemburgo

Avançar »

Noite cheia: Inter recebe Santos no dia do aniversário e Grêmio busca classificação antecipada contra o Ipatinga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*