Presidente do Inter considera “injusto” responsabilizar Banrisul pelas obras no Beira-Rio

Andrade Gutierrez divulgou nota oficial polêmica no último sábado. Segundo Giovanni Luigi, Inter vai ajudar a buscar garantias.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O presidente do Internacional, Giovanni Luigi, considera injusto colocar a responsabilidade pelas obras de reforma do Beira-Rio no Banrisul.

“Seria injusto nós colocarmos esta questão nos ombros do Banrisul”, declarou, em entrevista à rádio Gaúcha. “Logicamente que não é compromisso do Banrisul ou de qualquer banco assumir esta responsabilidade.”

No último sábado, dia 25, uma nota publicada nos jornais do último sábado pela Andrade Gutierrez gerou polêmica. O presidente colorado comentou o conteúdo da nota e assinalou pontos positivos no comunicado da empresa. Luigi também destacou que o Inter ajudará a construtora a buscar as garantias que faltam para a aprovação do financiamento das obras.

“Tem um aspecto que me parece positivo, onde fala que eles encontraram os investidores, porque até agora eles informavam que a dificuldade era encontrar os investidores”, avalia Luigi. “Isso é um passo importante. Depois eles colocam a dificuldade na questão das garantias, e isso é uma questão que passa a preocupar. A construtora assumiu um compromisso em iniciativa dela e agora nós temos que ajudar a encontrar uma solução para este impasse das garantias.”

Veja um trecho do comunicado da Andrade Gutierrez no último sábado:

Informamos que, em decorrência de várias reuniões realizadas nas últimas semanas com executivos do BNDES e do Banrisul, que atua como agente repassador dos recursos do BNDES via ProCopa, um plano sólido de garantias referente ao conjunto de investidores que formarão a SPE foi apresentado ao Banrisul. Até o momento, não houve o retorno quanto à aprovação deste plano. 

Sem a aprovação dessas garantias financeiras, que contam inclusive com intenção de participação do S.C. Internacional, não é possível obter a linha de financiamento ao projeto e estabelecer a sociedade que viabilizará a reforma, lembrando que o andamento deste processo tem decisões, fóruns e prazos alheios à vontade da empresa.

Informações de Zero Hora

FOTO: reprodução / Lucas Uebel

Compartilhar

Federação Gaúcha de Futebol altera horário de jogo entre Novo Hamburgo e São Luiz

Avançar »

Sufoco! Jogos da dupla Gre-Nal fora do Gauchão afligem torcedores

sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*