• Visualizações 489

Na Capital, cinco das obras de mobilidade para a Copa de 2014 podem ficar para 2015

Duplicação da Avenida Tronco e viaduto da Plínio Brasil Milano estão entre os projetos que podem ficar para o ano posterior ao Mundial.   

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Uma soma de problemas pode fazer com que cinco dos 11 projetos de mobilidade urbana pensados para a Copa do Mundo de 2014 em Porto Alegrefiquem prontos apenas no ano seguinte. Serão ainda longos meses para quem tem de circular pelas ruas e avenidas entrincheiradas da Capital.

A prefeitura já admite que a duplicação da Avenida Tronco, o prolongamento da Avenida Severo Dullius, o viaduto da Avenida Plínio Brasil Milano e a duplicação da Rua Voluntários da Pátria podem ficar para 2015.

A redefinição das datas, entretanto, ainda depende de acerto com o governo federal. Como os projetos foram retirados da Matriz de Responsabilidades do Mundial, que previa a conclusão das obras antes da Copa sob risco de perda de financiamento, e inseridas no Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, caberá à União bater o martelo a respeito dos novos cronogramas.

A má notícia se soma à confirmação, na semana passada, de que a implantação do sistema BRT (ônibus de trânsito rápido) também deve ficar para 2015 devido a suspeitas de sobrepreço na execução de corredores e atraso nas licitações. Até agora, foram muitos os entraves envolvendo as quatro obras que podem ficar para 2015.

Informações de ZH

FOTO: reprodução / Pedro Moreira / Agencia RBS

Compartilhar

Catedral, museu e agências são depredadas em protesto no centro de Porto Alegre

Avançar »

Com o lema “Ler é Poder”, feira do livro começa em Porto Alegre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*