Caminhoneiro envolvido em acidente que matou seis pessoas presta depoimento e diz que perdeu o controle da carreta

Jovem afirma que é motorista profissional há seis anos, não estava em alta velocidade e se prontificou a realizar exames de sangue e urina. 

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

O caminhoneiro Gelson Guilherme Dallastra, 26 anos, envolvido no acidente que matou seis pessoas e deixou outros sete feridos na noite de quinta-feira, 04, no km 8 da ERS-404, em Sarandi, prestou depoimento à delegacia de Rondinha nesta sexta, 05.

Ele afirma que sentiu a carga pender para a esquerda depois de fazer uma curva e, quando tentou manobrar, perdeu o controle do caminhão. O jovem declarou que é motorista profissional há seis anos, estava sendo admitido em novo emprego e conhecia a estrada.

Dallastra tombou sua carreta e invadiu a pista contrária, atingindo um ônibus que levava trabalhadores da Expresso São Miguel. A polícia investiga a hipótese de excesso de velocidade, mas o caminhoneiro garantiu que dirigia a 60km/h, em um trecho com velocidade de 80 km/h.

“Curva da morte”

No depoimento, Dallastra salientou nunca ter se envolvido em acidentes nos seis anos de profissão e se prontificou a realizar exames de sangue e urina para comprovar que não havia ingerido qualquer substância proibida. O caminhoneiro disse que havia partido de São Luiz Gonzaga por volta das 15h30min de quinta-feira e havia feito duas paradas antes do acidente.

O ponto onde ocorreu o acidente é conhecido como “curva da morte” entre moradores. A única placa antes da curva, no sentido Sarandi-Rodinha, indica uma curva comum depois da ponte. “Desconfio que há um defeito de engenharia nesta estrada”, afirmou o advogado do caminhoneiro, João Vianei Weschenfelder.

Informações de Zero Hora

FOTO: Diogo Zanatta / reprodução Zero Hora

Compartilhar

Chuva e frio devem marcar fim de semana no Rio Grande do Sul

Avançar »

Paralisação geral deve envolver Porto Alegre e outras cidades gaúchas nesta quinta-feira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*