• Visualizações 675

Rio Grande do Sul registra mais de 1.000 acidentes durante feriado

Dezoito pessoas morreram. Testes de bafômetro comprovaram a embriaguez de 241 motoristas, sendo que 108 deles foram levados à delegacia por causa do alto nível de embriaguez.

Da Redação redação@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Entre a sexta-feira, dia 21, e a tarde de terça-feira, dia 25, foram registrados 1.048 acidentes de trânsito, com 18 pessoas mortas e 556 feridas, no Rio Grande do Sul. Os números são da Operação Viagem Segura, que é uma ação conjunta do Detran com outros órgãos estaduais e federais.

Os testes de bafômetro comprovaram a embriaguez de 241 motoristas, sendo que 108 deles foram levados à delegacia por causa do alto nível de embriaguez. Os agentes abordaram mais de 70.000 veículos durante os quatro dias. 11% dos motoristas parados cometeram algum tipo de infração de trânsito e foram multados. A operação terminou à meia-noite de terça-feira e deve ser retomada na sexta-feira, dia 28, no feriado do Ano Novo.

Acidentes com mortes

Um carro e um caminhão bateram e quatro pessoas, duas delas crianças, que estavam no automóvel morreram, na manhã de terça-feira, dia 25, na BR-116, em Guaíba. Os dois bateram de frente e o carro pegou fogo. Na mesma rodovia, na madrugada de domingo, dia 23, um carro colidiu em um monumento, matando o motorista, de 64 anos. Outras quatro pessoas ficaram feridas.

Na segunda-feira, dia 24, outro acidente envolvendo carro e caminhão matou uma adolescente de 13 anos, na rodovia RSC-153, em Passo Fundo. Três passageiros do automóvel se feriram. Na ERS-239, em Taquara, um motociclista morreu depois de cair e ser atropelado por outra moto e depois por um carro.

Um homem morreu após perder o controle do carro e capotar na Free Way, em Santo Antônio da Patrulha, na noite de sábado (22). Na BR-386, em Tio Hugo, uma idosa de 85 anos faleceu em uma batida na tarde de sábado.

Informações de Portal R7
FOTO: reprodução / portal R7

Compartilhar

Mais de 300 motoristas alcoolizados foram retirados de circulação no feriadão

Avançar »

Pelo menos 101 mil motoristas devem utilizar as principais estradas gaúchas nesta sexta-feira

Um comentário

  1. Luis Roberto Machado
    27 de dezembro de 2012

    Como vivo nas estradas por força da profissão, posso falar alguma coisa. Normalmente só vimos a policia nas ruas nessas operações, fora isso eles só servem
    pra atender ocorrências porque durante a noite não vemos viaturas nos postos e nem policiais nas pistas, só Deus sabe onde andam, e ninguém vê isso, sempre tem só um policial no posto, e no computador. Deveria sempre estarem na rua.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*