• Visualizações 520

Inflação continua acelerada em Porto Alegre

Cidade segue sendo a capital com maior avanço nos preços: 0,73% no mês, um aumento de 0,10 ponto percentual em relação a quadrissemana anterior.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal – IPC-S acelerou em cinco das sete capitais pesquisadas da primeira para a segunda quadrissemana de setembro.

A informação foi divulgada pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, nesta terça-feira, dia 18. Porto Alegre segue sendo a capital com maior avanço nos preços: 0,73% no mês, um aumento de 0,10 ponto percentual em relação a quadrissemana anterior.

De acordo com a FGV, em Porto Alegre cinco das oito classes de despesa que compõe o índice registraram alta nos preços. Os maiores baixos nesta quadrissemana foram as categorias vestuário e alimentação, cujas taxas passaram de -2,24% para -1,02%, e de 1,27% para 1,94%, respectivamente.

Os item que mais pressionaram a inflação na capital gaúcha foram o alimentos preparados e congelados de aves (apesar do recuo de 10,77% para 7,55%) e excursão e tour (também queda, de 6,74% para 6,62%). Foram registradas ainda altas na batata-inglesa (de 33,05%), bergamota (de 22,05%) e no Tomate (12,83%).

Nas demais capitais, houve aceleração de preços ainda em São Paulo (de 0,21% para 0,26%), Rio de Janeiro (de 0,58% para 0,65%), Belo Horizonte (de 0,40% para 0,55%) e Recife (de 0,49% para 0,56%). As exceções foram Salvador, onde o IPC-S desacelerou de 0,38% para 0,32% e em Brasília, onde a inflação passou de 0,52% para 0,48% no período.

Informações de Jornal do Comércio

FOTO: Tânia Rego / ABR 

Compartilhar

Após pouso forçado no Acre, gaúchos chegam a Porto Alegre

Avançar »

Cidades em estado de alerta: Chuva provoca transtornos no RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*