Sindicato contabiliza 100 agências bancárias fechadas em Porto Alegre devido à greve de vigilantes

Profissionais reivindicam reajuste salarial de 15%. Bancos só podem abrir com, pelo menos, 30% dos vigilantes trabalhando. 

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Agências bancárias de Porto Alegre não abriram para o público na manhã desta quinta-feira, dia 22 – no mínimo, 100 delas, segundo o Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região – SindBancários. O motivo é a paralisação dos vigilantes na capital gaúcha.

A Associação dos Bancos do Rio Grande do Sul, no entanto, discorda desta quantidade. Em nota, afirma que não é possível quantificar o número real de unidades afetadas no Estado.

A legislação diz que os bancos só podem abrir com, pelo menos, 30% dos trabalhadores, para manter os serviços de segurança. Em nota no site, o SindBancários orienta os gerentes a não abrirem as unidades sem o contingente de vigilantes previsto no plano de segurança da agência, instituído por lei e homologado pela Polícia Federal.

Na manhã desta quinta-feira, os trabalhadores realizaram caminhada pelo centro de Porto Alegre. O Comando de Policiamento da Capital – CPC reforçou nesta quinta-feira o policiamento ostensivo, principalmente nas imediações de bancos e agências lotéricas.

Os vigilantes reivindicam reajuste salarial de 15% – o sindicato patronal oferece 7,8%. Também reivindicam vale-refeição de R$ 15 e adicional de periculosidade de 25%. No sábado, 24, um novo encontro deve decidir os rumos do movimento.

Informações de Correio do Povo

FOTO: reprodução / Bruno Alencastro

Compartilhar

Depois de verão com 64% dos dias com calor intenso, outono chega prometendo variação climática

Avançar »

Baixas temperaturas batem recorde no Rio Grande do Sul na primeira onda de frio do ano

Um comentário

  1. ELSON
    23 de março de 2012

    Que os vigilantes ganham e uma vergonha,pois são os primeiro na linha de frente quando tem assaltos nos bancos

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*