Conta de luz da RGE fica 6,74% mais cara para residências neste mês

Companhia atende 262 municípios do Rio Grande do Sul. Reajuste foi baseado na variação de custos que a empresa teve.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Cerca de 1,3 milhão de gaúchos começarão a pagar mais pela energia elétrica que consomem a partir deste mês.

A Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel aprovou na terça-feira, 14, em reunião pública, o reajuste tarifário médio de 6,74% da concessionária Rio Grande Energia S/A – RGE. A companhia atende atualmente cerca de 1,3 milhão de unidades consumidoras, distribuídas em 262 municípios do Rio Grande do Sul. Novo Hamburgo não está incluído, pois é atendido pela AES Sul.

Conforme nota da Aneel, as novas tarifas entrarão em vigor no dia 19 de junho e terão impacto de 7,19% para os consumidores de alta tensão (como indústrias), e de 6,39% para os de baixa tensão (por exemplo, as residências).

Ainda segunda a Agência, a Aneel considera – para calcular os reajustes – variação de custos que a empresa teve no decorrer do período de referência. “A fórmula de cálculo inclui custos típicos da atividade de distribuição e outros custos que não acompanham necessariamente o índice inflacionário, como energia comprada de geradoras, encargos de transmissão e encargos setoriais”, diz a nota.

Informações de JCRS

FOTO: ilustrativa / GettyImages

Compartilhar

Cinzas voltam a atingir Porto Alegre e Florianópolis

Avançar »

Inverno chegando: Cremers aconselha médicos a não aceitarem pacientes “menos graves”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*