Seca põe sete cidades gaúchas em estado de emergência

Além destas, Cerrito, Piratini e Pinheiro Machado enviaram Notificações Preliminares de Desastre. Cerca de 240 mil pessoas foram afetadas.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

Já chega a sete o número de cidades em situação de emergência no Rio Grande do Sul devido à seca. Segundo a Defesa Civil Estadual, até esta sexta-feira, dia 14, foram recebidos os decretos de Pedro Osório, Candiota, Pedras Altas, Herval, Hulha Negra, Santana do Livramento e Lavras do Sul.

Também foram registrados prejuízos, segundo a Defesa Civil, nos municípios de Cerrito, Piratini e Pinheiro Machado, que enviaram Notificações Preliminares de Desastre – Nopred. Em todo o estado, a estimativa é de que cerca de 240 mil pessoas tenham sido afetadas pela estiagem.

Na quarta-feira, 12, a Defesa Civil Estadual entregou 7,2 toneladas de alimentos para o município de Herval. Outras 6,7 toneladas de alimentos foram distribuídas em Pedras Altas.

Nesta sexta-feira, um caminhão de Lavras do Sul deve retirar, em Porto Alegre, 4,8 toneladas de alimentos (200 cestas básicas) e 100 filtros de água.

Informações de portal G1

FOTOS: reprodução / Nauro Júnior

Compartilhar

Mortande no Rio dos Sinos: análise aponta produtos agroquímicos na água

Avançar »

Pai vende bebê por R$ 50 em Passo Fundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*