• Visualizações 694

Novo Hamburgo terá a primeira Unidade de Pronto Atendimento 24h do Rio Grande do Sul

Se as condições climáticas colaborarem, obras iniciadas em junho serão concluídas em dezembro. Dois clínicos gerais e dois pediatras atenderão o local, além de uma equipe completa de técnicos e enfermeiros.

Da Redação redacao@novohamburgo.org (Siga no Twitter)

As obras da Unidade de Pronto Atendimento 24 horas do bairro Canudos – UPA, em Novo Hamburgo, estão em ritmo intenso.

A casa de saúde, que deverá atender cerca de 300 pessoas por dia, já teve sua fundação construída e a equipe da empresa contratada para execução do serviço já trabalha na alvenaria e na estrutura de concreto do novo prédio. Esta será a primeira UPA concluída do Estado com recursos do governo federal.

Conforme o prefeito Tarcísio Zimmermann, a importante melhoria está associada ao momento de expressivo crescimento do país. “Com ela, nossa cidade atenderá melhor suas necessidades da área da saúde”, cita.

Segundo o engenheiro da Secretaria de Obras Públicas e Serviços Urbanos – SEMOPSU e responsável pela fiscalização da obra, Renato Baum, desde 12 de junho, quando iniciaram os trabalhos no local, já se concluiu mais de 25% da obra. “Também já foram iniciadas as instalações da rede elétrica, de água e esgoto”, explica. A previsão da Administração é que, se forem boas as condições de tempo, a construção da unidade seja concluída em dezembro.

Estrutura

A UPA foi projetada pela Prefeitura nos moldes do padrão do governo federal e segue a legislação que rege os estabelecimentos assistenciais de saúde. “Apenas algumas mudanças foram feitas referente à edificação, que no projeto inicial eram de lata, como contêineres agrupados. O nosso foi feito da maneira convencional, de alvenaria e concreto”, diz a arquiteta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e responsável pela elaboração do projeto da UPA, Andrea Shütz.

O projeto feito pela Prefeitura de Novo Hamburgo, por ter sido o primeiro, foi solicitado também por outros municípios contemplados com as unidades, agilizando o processo de construção também em outras localidades.

Ao todo são investidos na construção do novo prédio R$ 2.108.974,22, sendo que deste total, R$ 2 milhões são provenientes do governo federal e R$ 108.974,22 como contrapartida do município. A Prefeitura também investirá de cerca de R$ 500 mil na obtenção de equipamentos para a unidade, que terá mais de 1.200 metros quadrados, divididos em seis zonas: Pronto Atendimento, Apoio Diagnóstico Terapêutico, Observação, Urgência, Apoio Técnico Logístico e Administrativo.

A obra também compreende questões como o fácil acesso de pessoas com deficiência e a destinação correta dos resíduos hospitalares gerados, por meio de uma central de separação de lixo.

No total, serão quatro médicos permanentes nas 24 horas de atendimento da UPA: dois pediatras e dois clínicos gerais. Somam-se a eles uma equipe completa de técnicos e enfermeiros.

Entre os espaços da unidade estão 12 salas de consultórios, 14 leitos de observação e três leitos de emergência. Uma ambulância da SAMU também atenderá o local, trabalhando de forma integrada com a base que fica no Hospital Municipal de Novo Hamburgo.

A obra faz parte do projeto Mais Saúde para Novo Hamburgo, que abrange outras melhorias e programas importantes, como a construção das quatro primeiras Unidades de Saúde da Família – USF da cidade (no bairro Rondônia, Boa Saúde, Vila Getúlio Vargas e Loteamento Morada dos Eucaliptos), o pacto pela redução da mortalidade infantil e o SUS em Casa.

Informações de Imprensa da PMNH

FOTO: divulgação / Ismael Souza

Compartilhar

Governo promete mais segurança aos taxistas

Avançar »

Porto Alegre vai ter centro especializado no atendimento à população de rua

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*